Pedido de CPI denuncia vereador insatisfeito por “perder” vagas de emprego

Publicado em 9 de maio de 2013

 

 

Um fato inusitado ocorreu no plenário da Câmara Municipal de Marabá.

O vereador do PSDB,  Sidinei Ferreira da Silva, ao anunciar que iria pedir instalação de uma CPI para investigar a saúde pública do município, formalizou a intenção com o descuido de demonstrar sua insatisfação com a administração, por ter tido cinco apadrinhados dele,  demitidos de suas funções,  na leva de exonerações na prefeitura,  determinadas pelo prefeito João Salame, para reduzir despesas e enquadrar as contas abaixo do índice de 52% recomendado pela Lei de  Responsabilidade Fiscal.

Fazendo discurso  moralizante, o moço usou os problemas existentes na área de saúde para justificar postura de suposto defensor do povo, acompanhada da frase  determinante do pedido da CPI:

–  “Me mandaram colocar quatro (funcionários na prefeitura), mas tiraram cinco meus (apadrinhados)”, sapecou o vereador.

Revelado pela imprensa de Marabá, a postura de Sidinei Silva virou tema de galhofa na cidade.