Pede pra sair, Patrícia!

Publicado em 23 de abril de 2012

 

A  saída prematura  do Campeonato Carioca deixa o Flamengo numa daquelas situações em que não se vislumbra nada de positivo para o clube mais querido do país, confirmando-se a total falta de gestão vigente na Gávea, sob o comando de Patrícia Amorim.

A situação hoje é a seguinte: dívidas acumulando-se sem que haja estratégia saneadora à vista, Ronaldo Gaúcho cobrando R$ 3,7 de salários atrasados, demais jogadores não receberam o mês de fevereiro na data acertada ( até 5 de março), risco cada vez mais declarado de se deflagrar a volta de Adriano para se juntar aos cachaceiros do elenco, e por aí vai.

Pede pra sair, Patrícia!