Paus da cangalha

Publicado em 17 de junho de 2007

“Mostrar com quantos paus se faz uma cangalha”, é uma expressão usada no interior para designar a disposição de alguém em provar algo para outro ou predisposição sem volta para a conquista de alguma coisa. Essa frase teria sido solta em desabafo de Demétrius Ribeiro para pessoas de sua empresa ao garantir que o prefeito de Marabá não perde por esperar. Ele se referia ao episódio em que Sebastião Miranda, de dedo em riste, chamou-o para acerto de contas fora do auditório da secretaria de Saúde, durante o I Simpósio Procriação dos Estados do Carajás e Tapajós.
Testemunha da conversa ouviu o empresário dizer que não abre mão de ir às ultimas conseqüências para rifar Tião Miranda do cenário político local. “Ele considera ter sido vítima de ato de humilhação inconcebível para alguém que ajuda a desenvolver a região, com presença constante inclusive em apoio financeiro aos próprios políticos -, sendo o próprio prefeito beneficiário das benesses de financiamento”.
Como a direção do PSDB, tendo à frente o deputado federal Wanenkolk Gonçalves -, está mesmo decidida a lançá-lo candidato a prefeito de Marabá, Demétrius Ribeiro não perde tempo. Afia as armas para ver quem tem pano pras mangas – ou munição suficiente para as cruzadas.