Hiroshi Bogéa On line

Paulo Preto, a bomba nas mãos de Serra

       – “Eu não sei quem é o Paulo Preto. Nunca ouvi falar. Ele foi um factóide criado para que vocês (imprensa) fiquem perguntando”. (José Serra, como sempre mentindo, dizendo que não conhece o cara que desviou R$ 4 milhões para o caixa 2 de sua campanha eleitoral)

O que disse o tal de Paulo Preto, respondedo à lavagem de mãos de Serra.

            –   “Não somos amigos, mas ele [Serra] me conhece muito bem. Até por uma questão de satisfação ao país, ele tem que responder […] Acho um absurdo não ter resposta, porque quem cala consente. Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro”, 

A Rede Record está indo a fundo, desmascarando Serra:

———————
atualização às 18:37

A velada ameaça de Paulo Preto (na foto abaixo ao lado de Serra segurando um jornal) atuou como espécie de nutriente vigoroso, estimulando rapidamente o cérebro de José Serra, que agora se lembrou do homem que atuava como gestor do Caixa 2 da campanha do presidenciável.

A suspeita de demência de Alzheimer ou demência vascular, não existe mais.

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    13 de outubro de 2010 - 15:51 - 15:51
    Reply

    Quem quiser conhecer o jeito Serra/PSDB de tratar ao sem-teto e ao migrante, acesse o link abaixo. É uma matéria da Folha de quando ele foi prefeito em São Paulo.

    É esse cidadão que diz que quer governar para o povo.

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u118053.shtml

  2. Anonymous

    13 de outubro de 2010 - 11:28 - 11:28
    Reply

    Tem muito caroço nesse angú à paulistana, na segunda feira Zé Pedágio disse que Paulo Preto era um factóide, na terça saiu em defesa do ex-diretor de engenharia da Dersa (estatal paulista responsável por obras viárias) Paulo Vieira de Souza, vulgo Paulo Preto.

    Inconformado por ter sido retirado da direção da Dersa, segundo diz, por ex-colegas do governo de São Paulo, ele manda um recado para antigos companheiros do PSDB:

    "Não se larga um líder ferido na estrada a troco de nada. Não cometam esse erro".

    Seria isso uma ameça?

    Vamos esperar, parece que o trem vai feder mesmo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *