Hiroshi Bogéa On line

Passeata contra exploração sexual

 

Hoje, 18, Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura (Seasp), através de Centro de Referência em Assistência Social (CREAS), concluiu na Praça Duque de Caxias, na Marabá Pioneira, as atividades inerentes à luta contra essa prática danosa ao desenvolvimento infanto-juvenil, com uma passeata, apresentações culturais e premiação da melhor redação sobre o tema “Meu Corpo, Casa onde Moro, Não Viole!”.

O passeio (foto), que teve concentração em frente ao Palacete Augusto Dias (antiga Câmara Municipal), percorreu a Avenida Antônio Maia e retornou à Praça Duque de Caxias, onde aconteceram as homenagens a cinco escolas convidadas, incluindo o sorteio de um DVD Player, que teve como ganhadora a Escola Municipal Julieta Gomes Leitão, sediada no bairro São Félix.

A redação vencedora do certame é de autoria de Raysa Oliveira da Silva, aluna do 2º ano matutino, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Rosa II. O texto, além de versar sobre a violência sexual e os direitos da infância e juventude, também discorre acerca da dificuldade que muitos adolescentes têm em deixar suas casas para trabalhar no mundo da prostituição.

Pela excelência da redação, dentro da temática preconizada, Raysa foi premiada com uma câmera fotográfica digital.

A secretária de Assistência Social, Edileusa Magalhães, agradeceu a presença de todos, elogiando as atividades deste ano que, no seu ponto de vista, foram melhores que as dos anos anteriores.

 

* Com informações da Secom

 

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *