Passaporte de vacinação já está valendo no Pará. Sem carteira de imunização, pessoas terão restrições para frequentar ambientes

Demorou, mas chegou!

Já está valendo decreto assinado pelo governadfor Helder Barbalho, na última sexta-feira, 3, instituindo política estadual de incentivo de vacinação contra a Covid-19.

A partir de hoje, é obrigatório a exigência de comprovante de imunização no estado.

Entre as medidas está a exigência de comprovante de vacinação para entrar em bares, restaurantes, cinemas, teatros, equipamentos turísticos, igrejas e outros locais.

Há possibilidade de multa para quem descumprir o novo decreto.

Segundo o procurador Geral do estado, Ricardo Sefer, “todas as pessoas devem portar” o comprovante de vacinação, seja em papel ou no celular, além do documento oficial com foto.

“Se sair de casa, leve sua a carteira de vacinação. Em caso de descumprimento, teremos advertências, a possibilidade de embargo, multa que pode chegar até R$ 50 mil para pessoas jurídicas, a partir de R$ 150 para pessoas físicas”,

Quem não se vacinar por recomendação médica, precisa apresentar teste negativo da Covid-19 feito nas últimas 48 horas quando for frequentar estabelecimentos.

Haverá também vinculação do pagamento de benefícios sociais estaduais à vacinação: Para receber parcelas do programa Renda Pará , por exemplo, que paga R$ 100 para trabalhadores autônomos na pandemia. Além de estar vinculado ao Bolsa Família e Cad Único, agora será necessário comprovar que recebeu as doses da vacina contra a Covid.

O blog apoia integralmente o decreto de obrigatoriedade da vacinação, pela vida, pela preservação da saúde da população.