Parte do PT rejeita candidatura de Helder

Publicado em 26 de julho de 2013

 

 

Não será das mais tranquilas a discussão interna do Partido dos Trabalhadores para seguir unido na eleição, em 2014.

Para alguns vermelhos com quem o poster anda conversando nos últimos dias, será quase impossível apoiar a candidatura de Helder Barbalho (PMDB), ao governo do Estado.

“O que o PMDB fez com o partido – diz uma fonte -, e continua a fazer, de acordo com as conveniências do senador Jader Barbalho, não podemos conviver com essa turma. O PT deveria marchar em torno de uma candidatura própria, para voltar a se alinhar com sua militância e com o eleitorado paraense”.

Provocado se nem no segundo turno haveria convergência para uma candidatura peemedebista, caso este  partido coloque seu candidato na outra fase da eleição, o petista responde com outra pergunta:

– E se o adversário do Jatene, no segundo turno, for alguém do PT”.

 

——————

 

Atualização às 14:50

 

Nem bem o post foi publicado, do mural de seu Face,  Luis Cavalcante, influente militante do PT, sapeca, linkando a informação do blog:

 

 

  • Hiroshi Bogéa, não é parte do PT que rejeita a candidatura de Helder Barbalho. A informação correta é que a maioria petista não quer a companhia dele. Quer candidatura própria ao governo do estado, em 2014.