Hiroshi Bogéa On line

Parque Zoobotânico de Marabá inaugura centro de reabilitação de animais

 

Dentro de mais alguns minutos, exatamente às 14h30, o moderno centro de  reabilitação de animais na Fundação Zoobotânica de Marabá será inaugurado.

A obra faz parte da parceria entre a Celpa e a FZM, e contou com um investimento na ordem de R$ 750 mil.

O novo centro beneficia centenas de espécies da fauna local, que quando estão em situação de risco, são colocadas em cativeiro para terem o tratamento adequado e serem reintroduzidas ao seu ambiente nativo da maneira mais adequada.

O novo complexo instalado no Parque Zoobotânico tem uma estrutura que inclui um hospital para os animais, onde é possível realizar procedimentos de primeiros socorros e até mesmo cirurgias.

Há também uma sala de necropsia, um ambiente para preparação de alimentos, um espaço administrativo e uma jaula com cerca de 200m², onde ficarão um casal de onças pintadas.

Ainda foi viabilizada a compra de um aparelho de raio x, uma máquina de ultrassonografia, macas, estolas, pistolas de tranquilizantes, entre outros materiais.

Esta nova composição do local serve para atender com mais comodidade e conforto todas as espécies da região.

A Fundação Zoobotânica de Marabá vem funcionando há 18 anos como uma referência no estado do Pará e tem como missão a elaboração de pesquisas para desenvolver ferramentas de preservação do meio ambiente e também contribui para o aperfeiçoamento dos recursos naturais da região.

Outro objetivo está relacionado a resgatar animais silvestres que passaram por situações de risco de morte e extinção.

De acordo com o biólogo e responsável técnico pela Fundação, Manoel Ananis, a instituição recebe de cinco a seis animais por semana em situação de risco de morte, daí a importância da construção do centro de reabilitação. “Como não tínhamos essa estrutura que a Celpa nos possibilitou, a gente tinha que levar os animais para hospitais particulares, mas agora a realidade será muito melhor, pois poderemos tratar de todas as espécies aqui mesmo e com todo o material necessário”, explica Ananis.

Post de 

1 Comentário

  1. Tays

    25 de novembro de 2018 - 14:29 - 14:29
    Reply

    Olá querida o contatos de vcs

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *