“Paredão” de som automotivo tira sossego de moradores e trabalhadores do bairro Cidade Jardim

Nas últimas 48 horas, moradores do bairro Cidade Jardim e trabalhadores da Cidade Universitária, da Unifesspa, perderam a tranquilidade e o sossego diante da presença de um carro de som, altamente aparelhado, que foi colocado estacionado na avenida  que passa à frente de todo o campus universitário.

Até agora, no momento em que este post está sendo redigido (22 horas), o sistema de som está a todo volume, fazendo vibrar janelas das residências localizadas no entorno da avenida.

Telefonemas foram encaminhados à Semma e à Polícia Militar sem que, até agora, aparecesse alguma autoridade para autuar o crime ambiental que está sendo promovido no bairro.

Durante o dia, professores, alunos e demais servidores da Unifesspa não conseguem trabalhar concentrados, devido ao volume elevado do sistema de som.

À noite, a dormida dos moradores é inviabilizada pela poluição sonora criminosa.

Neste momento, o carro encontra-se estacionado no final da avenida que passa por toda a extensão da frente da Universidade, exatamente  diante da estação de água que abastece o Cidade Jardim

E pelas informações obtidas pelos moradores, nesta sexta-feira, o carro de som permanecerá no local fazendo “testes” e tirando a paz dos moradores.

Em Marabá, existe alguma autoridade capaz de dar freio no ato criminoso dos proprietários do sistema de som?

A foto demonstra o absurdo da extensão da aparelhagem sonora instalada em cima de um carro.