Parada geral

Publicado em 12 de maio de 2009

São 11h30.

O prédio da prefeitura de Marabá está cercado por servidores da área educacional. A manifestação pressiona por reajuste salarial e atendimento a uma lista de reivindicações.
Planejamento e Finanças já mostraram ao prefeito a impossibilidade do tesouro municipal atender aos pedidos da classe. Maurino Magalhães tentará negociar até o limite, disse agora sua assessoria direto do gabinte, mas está preparado também para o período de paralisação das aulas municipais.
A população receberá informações sobre a distância que existe entre a realidade financeira do município e as reivindicações do Sintepp.