Hiroshi Bogéa On line

Pará tem apuração mais rápida da história

 

A apuração da eleição de domingo tirou o Estado do Pará da lona.

Explicando: quase sempre, o Estado era alvo de galhofas e críticas por ser um dos últimos a oficializar o resultado final da apuração.

Desta vez, não.

Às 22h34 deste domingo (02), o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA), totalizou a apuração nas 16.920 Seções Eleitorais em todo o estado do Pará.

Nas Eleições Municipais 2016, 5.509.941 eleitores estavam aptos para escolher candidatos a prefeito e vereador nos 144 municípios do estado.

Os eleitores não tiveram problemas com urnas eletrônicas.

Em todo o estado, foram registradas 108 substituições por urnas de contingência, o que representa menos dew 1% do total.

Apenas no município de Óbidos, houve votação manual, pois, a bateria da urna acabou e não havia energia elétrica no local.

Foram registrados 16 votos dessa forma que foram apurados devidamente na Junta Apuradora da Zona Eleitoral.

As Eleições foram marcadas por uma apuração mais célere.

O primeiro município a totalizar os votos foi Bannach, localizado no sudeste do estado, com o 3141 eleitores.

E o último foi Santarém, por conta, do barco que deveria transportar o material para o ponto de transmissão e se perdeu em uma localidade de difícil acesso no município.

Em Belém, também houve apuração mais rápida.

Às 19h 09, os votos da capital paraense já haviam sido totalizados.

Inclusive, município será o único do estado a ter eleições para o segundo turno que será disputado entre os candidatos Zenaldo Rodrigues Coutinho Junior e  Edmilson Brito Rodrigues (PSOL).

 

Segundo Turno em Belém

Nesta segunda-feira (03), às 16h, o Juiz Eleitoral Elder Lisboa da Costa Ferreira, Presidente da Junta Totalizadora em Belém, fará a homologação do primeiro turno das eleições. A preparação para o segundo turno começa 48 horas após a homologação, no caso, na quarta-feira (05).

A propaganda eleitoral gratuita, no rádio e na TV inicia a partir do dia 15 de outubro e vai até 28 do mesmo mês. Às eleições para o segundo turno será no dia 30 de outubro.

Após o segundo turno o Tribunal entrará na fase de julgamento e homologação das prestações de contas de todos os candidatos envolvidos no pleito para que no dia 16 de dezembro, seja possível realizar a cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos no pleito de 2016.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *