Hiroshi Bogéa On line

Pará lidera casos de feminicídios na região norte

Matéria buscada no G1:

O Pará reduziu o número de feminicídios em 2019, em comparação com o ano de 2018. O número de casos registrados caiu de 68 para 46.

Mesmo com a redução de 33%, o Pará ainda é o estado da região norte que mais mata mulheres em crimes de ódio e está entre os 10 maiores índices do Brasil.

Os dados são de um levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

No Pará, são mais de 4,2 milhões de mulheres. Em 2019, foram 1,1 caso de feminicídios para cada 100 mil mulheres no estado. O índice é menor que em 2018, quando a taxa era de 1,6.

Por outro lado, o Brasil teve um aumento de 7,3% nos casos de feminicídio em 2019 em comparação com 2018. Foram 1.314 mulheres mortas pelo fato de serem mulheres, em 2019, dado que representa uma a cada 7 horas, em média; em 2018, foram registrados 1.225 casos.

O levantamento faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O primeiro levantamento sobre feminicídios no país foi publicado no Monitor em 2018 e, desde então, ele é feito todos os anos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *