Hiroshi Bogéa On line

Para enfrentar o “monstro”

A violência em Marabá está fora de controle. De tão grave o quadro, esta semana o deputado João Salame (PPS) fez dois pronunciamentos na Assembléia Legislativa pontificando a gravidade do assunto. Com o apoio do deputado Carlos Bordalo (PT), que é do Conselho Estadual de Segurança Pública, Salame conseguiu marcar para a próxima sexta-feira, às 10h00, na sede da Segup, uma reunião com a secretária de Segurança, Vera Tavares; o Comandante Geral da PM e o Delegado Geral, Raimundo Benassuly, para discutir a formação de um Grupo de Trabalho para tratar da questão. O parlamentar convidou para a reunião representantes da Câmara de Vereadores de Marabá; Associação Comercial e Industrial (Acim), Ministério Público, OAB – Subseção Marabá e a Prefeitura, enquanto os representantes locais da Polícia ficaram de ser chamados pela secretária. A deputada Bernadete não poderá estar presente porque já tem compromissos agendados em Tucuruí.

Post de 

7 Comentários

  1. Anonymous

    29 de setembro de 2009 - 13:12 - 13:12
    Reply

    Sou de Petrópolis, uma cidade da região serrana do Rio de Janeiro,sei que o Rio é violento mas as cidades do interior do Rio são bem mais seguras , porem morei em Marabá e mesmo ela sendo uma cidade do interior a violência é terrivel.
    A polícia tambem não faz nada!
    Minha casa foi arrombada várias vezes!
    O povo é muito amigo e facil de fazer amizade, eles não merecem ficar nas mãos de bandidos.
    Duvido que as autoridades não possam fazer nada, pois a cidade é pequena e ladrões agem livremente.
    Uma pena!
    Aquele povo amigo não merecia uma violência dessas, alem de serviços médicos que são piada constante na cidade, pois a população tem pavor da medicina local e as autoridades fingem que nunca ouviram falar sobre isso!

  2. João Salame

    17 de agosto de 2007 - 02:40 - 2:40
    Reply

    Hiroshy,

    Agradeço os elogios do Archimedes. Faço a minha obrigação. Com relação ao papel das autoridades entendo que devemos nos esforçar para que a máquina do estado funcione a serviço da comunidade. Nessa reunião de 10h00 desta sexta-feira, para a qual já confirmaram presença o vice-prefeito Italo Ipojucan, os vereadores Miguelito, Ferreirinha e Ademar de Alencar e o presidente da Acim, Gilberto Leite, espero que sejam tomadas decisões palpáveis e exequíveis. Sem lero-lero, pois já estamos cansados.
    Sobre a ausência da deputada Bernadete, realmente não sei o motivo de sua presença em Tucuruí, mas é de bom tom ressaltar que, quando marcamos a audiência, ela já tinha essa agenda previamente acertada. De toda forma, a deputada se comprometeu comigo a enviar um assessor de seu gabinete à reunião. E eu acredito que ela irá fazê-lo. O importante aora é somar e não dividir esforços. O problema da violência está ficando dramático. São vidas humanas que estão sendo perdidas. Não podemos nos dar ao luxo de excluir ninguém dessa cruzada contra a bandidagem, a despeito de qualquer divergência política.
    Abraços

    João Salame

  3. hiroshi

    16 de agosto de 2007 - 15:49 - 15:49
    Reply

    Otton, o verdadeiro compromisso da deputada em Tucuruí, de caráter inadiável, não foi liberado pela sua assesoria de imprensa. Aguardemos porque isso pode ter desdobramentos negativos pra ela.
    Valeu.

  4. Anonymous

    16 de agosto de 2007 - 15:21 - 15:21
    Reply

    Em cada bairro de Marabá, em cada Folha, em cada distrito, tem uma ou duas gangues atuando livremente. Sair nas ruas da cidade é correr o risco de não voltar ou, se voltar, não encontrá nada dentro de casa. Violência roubos é uma coisa só. Enquanto isso os políticos ficam fazendo reuniões. Esse governo do PT só sabe se reunir.

  5. Anonymous

    16 de agosto de 2007 - 15:12 - 15:12
    Reply

    A deputada Bernadete como diz a nota do blog não estará presente ao encontro porque já tem compromissos em Tucuruí. Ele tem compromissos com tudo, menos com o povo que a elegeu. Trabalha Bernadete, deixa de falar demais e ficar exaltando “o companheiro Lula”. É só o que essa mulher sabe dizer nas reuniões. Enche a boca para puxar saco do Lula que ninguém mais suporta ouvi-la. Trabalha ou volta pro Rio Grande do Sul, tchê!

  6. Anonymous

    16 de agosto de 2007 - 15:06 - 15:06
    Reply

    Essas reuniões de políticos é só mais embromação.Falam tanto na época das campanhas eleitorais que a violência vai acabar, e depois nada se faz. A violência vai acabar…com o povo. Não demora muito.

  7. Anonymous

    16 de agosto de 2007 - 14:58 - 14:58
    Reply

    JoCão Salame é o único político atualmente do Pará que se procupa com o Sul e Sudeste do estado. Todo dia vemos ele defendendo nossa gente. Parabens, deputado e lomnga vida a voce e a sua familia.
    Archimedes Santiago Abreu

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *