País sem memória

Esta placa com texto quase ininteligível marca a inauguração da maior obra de infra-estrutura da rodovia Belém/Brasília, a ponte sobre o rio Tocantins, à altura do município de Estreito, na fronteira do Maranhão com o Tocantins. A obra foi edificada na parte mais estreita do rio, daí o nome da cidade.

Juscelino Kubitschek, presidente da República, esteve no local descerrando a placa que leva seu nome, mas que, infelizmente, por descuido de governadores, prefeitos e vereadores, encontra-se totalmente abandonado. Os gabirus não se preocupam nem em mandar capinar o matagal que cobre o ponto simbólico.

A ponte rodoviaria sobre o Tocantins ganhou outra paralela, a da Estrada de Ferro Norte-Sul.