Oulândia do Norte espicha

Dentro de no máximo dois anos, outro município despontará como território âncora de negócios regionais.

Ourilândia do Norte, na posição de bola da vez, transmuta-se em diversos setores.

Com a operacionalidade do níquel da OnçaPuma, primeiro projeto do gênero no Brasil, impossivel prever o futuro dessa região.

O que se tem de garantia, hoje, é que o município já não é mais o mesmo encravado na esquecida Pa-279, rumo ao conflituoso mundo da Terra do Meio, do outro lado de São Félix do Xingu.

Fervilham gentes, carros, pequenos e médios negócios, e muitas casas sendo abertas para hospedar chegantes.

Bem aqui, em Ourilândia, abre-se um novo nicho de crescimento desordenado.

Conhecer o desenvolvimento humano disso tudo, são outros quinhentos.