Os caminhos do PT

Se Ana estiver bem daqui a um ano, pode ser que a situação administrativa vexatória dos atuais prefeitos petistas seja amenizada pela presença dela na campanha. Só que está difícil reconfigurar a imagem dos caras junto ao eleitorado.
À exceção de Davi Passos em Xinguara, cuja avaliação indica regularidade, o time do PT no sul, sudeste e oeste, vai de mal a pior em Parauapebas (Darci), Conceição do Araguaia (Álvaro Brito), Canaã dos Carajás (Ribita) e Piçarra (Jairo Luiz Lunardi) – parece até que ele se desligou do partido. Sem falar no grande golpe que foi a cassação de Zezão, ex-prefeito de Nova Ipixuna, cuja administração também estava um desastre.
Juvêncio Arruda, no Quinta, mostra pesquisa indicando rejeição altíssima de Maria do Carmo, prefeita petista do terceiro colégio eleitoral do Estado: 72%.