Hiroshi Bogéa On line

ORM divulga greve de jornalistas do grupo concorrente

 

 

O Grupo Liberal evitou enquanto pode.

Mas hoje, finalmente, soltou a primeira nota sobre a greve histórica dos jornalistas do Grupo RBA (Diário do Pará e DOL).

As duas maiores  empresas de comunicação no Pará que se atacam desrespeitosa quase todo dia,  neste momento se uniram implicitamente,  calando e não divulgando qualquer coisa a respeito da paralisação profissional da classe.

Embora a greve já dure seis dias, somente hoje o portal ORM decidiu noticiar o fato que vem causando um quiprocó dos diabos no meio jornalístico nacional, dada a profundidade do fato .

E o fizeram isso a contragosto, levando-se em consideração a fratricida luta que os dois grupos de comunicação travam, no Pará, para ver quem  acaba com quem.

Certamente, as Organizações Rômulo Maiorana seguraram enquanto puderam a informação repercutida no país pelas redes sociais e blogs, baseados na máximo de que “se um boi consegue fugir, a boiada pode ir atrás”.

Se hoje está lá, amanhã pode chegar aqui, quem sabe, pensaram seus diretores.

O importante, no entanto, é que a greve chegou à pauta das ORM.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *