Orla virou zona total

Publicado em 1 de fevereiro de 2012

 

 

Emeio de morador da orla de Marabá, enviado ao blog denunciando a poluição sonora vada dia mais intensa no logradouro mais visitado de Marabá, às margens do rio Tocantins.

 

Caro hiroshi, volto a bater na mesma tecla: a Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) não serve para nada. A partir de sexta-feira rola competição de som na orla , próximo a Colônia de Pescadores Z30, que vai ate a madrugada. Telefonei para a Semma e a mesma disse que não tinha agendamento para fiscalizar nos fins de semana. O atendente nem mesmo sabia onde andava o carro usado para tal. Pergunto: para que serve mesmo a Semma? A quem devo reclamar? Gostaria que o MP olhasse para este problema e fizesse o órgão atuar em favor da paz e do sossego de cidadãos que precisam acordar cedo para trabalhar.

 

NB – O blog também quer saber  o que faz o secretário da Semma, José Scherer, à frente da instituição. Esse moço sabe perfeitamente da gravidade que se transformou as recorrentes competições de carros tunados em plena madrugada, na orla, sem que até hoje tenha acabado com o problema.

Tempos atrás, chamado pelo celular às 3 horas da manhã por amigo  residente  na orla, o poster se deslocou até o logradouro para constatar, indignado, a farra da disputa sonora, em volume insuportável, promovida noite adentro.

Já que o José Scherer não faz valer a autoridade do órgão, por omissão ou falta mesmo de vontade administrativa, recomenda-se ao Ministério Público dar um freio de arrumação, o mais rápido possível, na baderna.