Hiroshi Bogéa On line

Ondas soltas

Em cidades pequenas do interior do Pará onde as rádios comunitárias piratas soltam o verbo, o esculacho é preocupante. Há de tudo no ar. Até palavrões.

Anatel e Polícia Federal, sem estrutura para chegar em todos os lugares, nada podem fazer.

Mas a Justiça Eleitoral local pode. Por que não faz?

Post de 

3 Comentários

  1. wanderley mota

    4 de setembro de 2008 - 20:48 - 20:48
    Reply

    agora que sou leitor assiduo deste blog,me sinto no direito de compartilhar de comentários e de auto-divulgar-me rsrs aproveitar o espaço,pois bem,ouçam pela net uma rádio profissional;(www.araraazulfm.com.br)nosso time:WANDERLEY MOTA,DEMERVAL MORENO,NELSON GILL,GENTIL FILHO,ELSON BRITO,FABIANE CRISTINA,ENIO BETO,GUTO MORENO,um dos melhores times do brasil profissionais de alto gabarito,ouçam!!!!

  2. Anonymous

    4 de setembro de 2008 - 19:38 - 19:38
    Reply

    já tem pirata de volta ao ar em parauapebas,”ativa fm 102,5″ pode?

  3. Anonymous

    4 de setembro de 2008 - 14:44 - 14:44
    Reply

    Por inoperancia ou complascência. E não me venha com estória (H) de falta de estrutura. Certo que pra agir, a Justíça precisa ser provocada. Más o MPE (promotores) não. É uma questão de atuação e bons préstimos à sociedade.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *