Hiroshi Bogéa On line

Olhos de rio

Enquanto a mãe lava roupa na tranqüilidade do Araguaia, o menino brinca.

Olhos vermelhos de tomar banho com pálpebras abertas no fundo d’água, o menino brinca, alheio à labuta da família pobre de Xambioá.

Negrinho do rio.

Lindo como as águas de sol a lhe dourar o corpo jabuticaba.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *