Ódio à democracia

Fidel Castro deixou muitos seguidores.
O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, é um deles.