Hiroshi Bogéa On line

Obras do Restaurante Universitário da Unifesspa serão iniciadas em dez dias.

 

Unifesspa vai começar a construir o seu primeiro restaurante universitário

Hoje, 25, pela manhã, no Campus III, bairro Cidade Jardim, no Km 12 de rodovia Transamazônica, foi assinado o contrato de engenharia com a empresa Muiraquitã Comércio, Construção, Consultoria e Assessoria LTDA, no gabinete da Reitoria, com a presença de representantes da classe estudantil e do deputado federal Beto Salame (foto), autor de uma das emendas que possibilitarão a edificação do empreendimento.

A obra é uma das mais aguardadas pelos estudantes e vai beneficiar toda a comunidade acadêmica.

O RU será construído na Unidade III do Campus de Marabá numa área total de 945 m2 e terá capacidade para preparar duas mil refeições por turno.

O refeitório terá uma área construída de 311 M2, sendo todo climatizado para atender 240 pessoas sentadas.

O destaque da obra é a cozinha industrial, com estrutura e espaço suficientes atender os futuros refeitórios das outras unidades do Campus de Marabá.

O projeto prevê ainda corredor e rampa de acesso, banheiros e varanda na saída do edifício.

A cozinha foi concebida ao lado do refeitório, possuindo ambientes para recepção de insumos (triagem), estocagem, câmara frigorífica (com câmaras de resfriamento e congelamento), áreas de preparo e espaços administrativos.

A área externa inclui depósito de lixo, lavagem de equipamento e estocagem de GLP.

O projeto arquitetônico também atende aos requisitos de acessibilidade, respeitando as especificações técnicas da NBR 9050 (Norma Brasileira Regulamentadora de Acessibilidade).

O contrato no valor total de R$ 3.339.999,99 estabelece prazo de 24 meses para a conclusão da obra.

Além de recursos próprios, a Unifesspa contou com as emendas parlamentares dos deputados José Geraldo (R$ 800 mil) e Beto Salame (R$ 671 mil).

“As nossas emendas juntas já garantem metade do valor da obra e vamos continuar lutando e batalhando para conseguir o restante do dinheiro e garantir a conclusão do restaurante.  Continuamos afirmando o nosso compromisso com a educação pública gratuita e de qualidade”, assegurou o deputado federal Beto Salame.

“É uma grande conquista para a classe estudantil. Estamos muito felizes com esse momento, pois havia a preocupação de não haver recursos para esta obra essencial para a assistência estudantil. Que bom que podemos contar com esse compromisso da Instituição”, afirmou o coordenador geral do DCR José de Ribamar, Igo Silva.

O reitor da Unifesspa, Maurílio Monteiro,  destacou a importância do diálogo e a capacidade de articulação para garantir obras estruturantes na Unifesspa.

“Esse é um projeto construído a quatro mãos, discutido com a representação estudantil em todos os detalhes. Estamos diante de uma obra moderna, funcional e que terá grande impacto na qualidade de vida acadêmica, por isso agradecemos o compromisso e disposição dos agentes políticos em investir nesta obra”, afirmou o reitor.

Na ocasião da assinatura do contrato, o deputado federal José Geraldo foi representando por Luiz Carlos Pies, que ressaltou o trabalho da bancada paraense em defesa da educação pública.

O deputado Beto Salame informou também que nas últimas reuniões da bancada federal ficou definido que a educação superior contará com uma das emendas prioritárias de bancada no orçamento do ano que vem.

 

 

O projeto arquitetônico foi elaborado pelos professores da UFPA José Júlio Lima e Vanessa Watrin. Também colaboraram com o projeto, os professores da Unifesspa Leonardo Brasil Felipe, Thulla Christina Esteves, Rodrigo da Silva Manera, Denilson Costa da Silva, do pró-reitor de Administração (Proad), Leandro Ferreira, do secretário de Infraestrutura (Sinfra), Lucas França, e dos professores da UFPA, Sandoval Rodrigues Júnior e Júlio Alencar.
Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *