Hiroshi Bogéa On line

Obras do Zinho Oliveira avançam

As obras de ampliação do Estádio Zinho Oliveira seguem em ritmo acelerado. A meta da prefeitura é concluir os trabalhos no dia 14, para que ainda dê tempo de ser feita a vistoria e este possa ser liberado já para a realização do jogo de estréia do Águia contra o Cametá pelo Parazão 2010, no dia 16. A reforma e ampliação do estádio estão orçadas em R$ 1,5 milhão.

O estádio está ganhando arquibancadas metálicas nas laterais direita e esquerda com assento em concreto pré-moldado, assim como novas cabines para a Imprensa. A ampliação, nessa primeira fase, vai elevar para 3 mil a capacidade do estádio, que hoje é de 600 a 1.000 pessoas.

O engenheiro projeta que, até os jogos do Águia com times de maior torcida, como Remo e Paysandu, o estádio já vai estar com capacidade para cinco mil pessoas. Essa ampliação vai abranger a parte dos fundos do estádio. Para isso, a prefeitura pretende desapropriar parte dos terrenos das residências que fazem limite com o estádio.

Mais, aqui.

Fonte: Ascom-Marabá
Post de 

10 Comentários

  1. Anonymous

    11 de janeiro de 2010 - 19:33 - 19:33
    Reply

    Deviam respeitar os moradores que residem na marabá Pioneira. Sempre prejudicados. Sabemos que o metro quadrado naquela área vale muito mais que os R$ 60,00 que esse péssimo secretário de obras pretende pagar. Vale muito mais que a Ilha que ele possui para algumas diversões e etc…

  2. Anonymous

    11 de janeiro de 2010 - 13:08 - 13:08
    Reply

    O Tião foi o melhor prefeito da história de Marabá!
    O Estádio é municipal, e pela cedência do mesmo deveria ser cobrado uma taxda para os clubes profissionais como o Águia, mandarem seus jogos, coisa que nunca foi feito.
    E concordo plenamente com o anônimo de 09/01 às 6:39, não quero prefeito pra casar, e sim pra trabalhar, coisa que atual prefeito não faz, só quer saber de usar o nome de Jesus em vão, fazer propaganda enganosa, e pintar as obras prontas, para dizer que é dele…
    hahahahahahahahaha…
    Os eleitores estão vendo tudo heim senhor prefeito!

  3. Anonymous

    9 de janeiro de 2010 - 09:39 - 9:39
    Reply

    Eu prefiro um prefeito boçal que trabalha dimanha,tarde e noite à um prefeito que sai pegando na mão de todo mundo,fazendo milh~eos de promessas e não faz nada, abondona a cidade nas mãos de um monte de aloprados que so querem se dar bem.EU quero um prefeito para trabalhar e não para casar.

  4. Anonymous

    8 de janeiro de 2010 - 21:57 - 21:57
    Reply

    Só que, Tião nunca moveu uma palha pelo Zinho, por conta de sua raiva do Ferreirinha e do nosso Águia. Na verdade, o Tião deveria ficar lá em Belém, pra sempre. Isso o Tião do PTB, Partido do Tião Boçal!! P.S: Atenção, ñ estou defendendo o MAU-indo e vindo.

  5. Anonymous

    8 de janeiro de 2010 - 16:34 - 16:34
    Reply

    Bem feito. Muita gente alí ao redor do Zinho, votou em Maurino, fingindo aliança com Asdrubal, Bernadete e João. Mas muito bem feito mesmo. Toma-te, sacana, agora fica aí com cara de mamão macho.

  6. Anonymous

    7 de janeiro de 2010 - 22:08 - 22:08
    Reply

    mais uma promessa do prefeito mauvindo que não vai ser cumprida,o governo prometeu construir um estadio para 20 mil pessoas ,teve ater pedra fundamental,nos estamos vendo remendarem o zinho oliveira.Prefeito o sr. não consegue pagar uma promessa feita para o povo.

  7. Anonymous

    7 de janeiro de 2010 - 17:23 - 17:23
    Reply

    Para quem tem mais de um neuronio, já deu pra entender que não vai haver construção de estádio novo(PROMESSA DE CAMPANHA de Maurino e Ferreirinha vice de Ten caten junto c/Ana Julia)coisa nenhuma,vão remendar o Zinho e fica por isso mesmo,e nós torcedores…chupando o dedo,c/cara de otário… Que beleza…..

  8. Anonymous

    7 de janeiro de 2010 - 14:07 - 14:07
    Reply

    Senhor Hirosh, é bem verdade que a PMM quer ampliar a capacidade do Estádio Zinho Oliveira para 5 mil pessoas, porém, houve uma reunião no dia 05/01 (terça-feira) onde os moradores fizeram uma contra-proposta que o Secretário de Obras juntamente ao Srº Túlio, que deve ter subido pra cabeça o cargo que lhe foi conferido, proferiram palavras de baixo calam para os moradores e ainda disseram que não querem nem saber, vão "Decretar" a Obra como utilidade pública e vão derrubar os muros das residencias e construir as arquibancadas.
    Foi feita uma avaliação por imobiliarias renomadas da cidade, e a área é considerada área nobre e está avaliada a R$ 612,00 o m2, e a proposta da PMM é R$ 80,00, proposta vergonhosa não acham?

  9. Anonymous

    7 de janeiro de 2010 - 06:22 - 6:22
    Reply

    AS negociaçoes para desaproprição não avançou, a proposta da PMM não agradou os proprietarios,eles ficaram sabendo que a verba disponibilizada no projeto original e maior,tem gente querendo ficar com o troco.

  10. Anonymous

    7 de janeiro de 2010 - 05:29 - 5:29
    Reply

    Nada avançou nas negociações com os propietarios dos terrenos para a construção das arquibancadas.A oferta da PMM não agradou a turma de proprietario que exige um valor maior por metro quadrado.O clima da ultima reunião não foi bom,O lucidio virou as costas e saiu da reunião e a turma foi pro MP.Vamos ver no que vai dar.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *