Obras do edifício Provenza causam transtornos

Publicado em 20 de junho de 2012

 

 

Começaram as obras do edifício Provenza,  na Folha 32, Núcleo Nova Marabá.

Começaram criando um cenário de arrasa quarteirão, transformando – para pior – a vida da vizinhança.

O trabalho de escavações  tapou de buracos e muita poeira,  a rua do empreendimento. Caçambas transportando aterro destruíram o meio fio, obrigando a todos a fecharem as casas dia e noite.

Nem bem começaram as obras, já há casos de crianças doentes vítimas do excesso de poeira.

Como sabemos, um  projeto como o edifício Provenza  prevê “estudo de impacto de vizinhança”.  Se isso está no projeto, onde estão as ações para mitigar a situação?

O desrespeito é tão grande que nenhum representante da construtora foi conversar com os moradores.

Pessoas responsáveis pela  obra, simplesmente ignoram as reclamações.

Postura característica de de empresário   que não tem compromisso  com a  cidade e seu povo.

A rua que os moradores da Folha 32 lutaram tanto para ser asfaltada está sendo estragada.

Qual autoridade se habilita a encarar o problema de frente?

———————-

Atualização às 17:19

Direção da construtora que deu início às obras do edifício Provenza entrou em contato com representante dos moradores da Folha 32, prometendo deslocar-se a Marabá para anotar reclamações e tomar medidas preventivas a problemas que vem afligindo a comunidade -, residente no entorno do empreendimento.