Obras da Correias Mercúrio avançam. Havan será inaugurada dia 15

 

Terraplenagem da área onde será erguida a Correias Mercúrio
Terraplenagem da área onde será erguida a Correias Mercúrio

As obras da Correias Mercúrio avançam, no Distrito Industrial.

A planta industrial da empresa é destinada a fabricar correias transportadoras,  elevadoras e laminadas, gerando, de imediato,  200 empregos diretos.

No Distrito Industrial,  segue em ritmo acelerado a terraplenagem da área onde serão edificadas as estruturas físicas da indústria.

Outra intervenção importante que segue em fase de conclusão é o viaduto que a Vale está construindo sobre a Estrada de Ferro Carajás (foto abaixo), próximo à entrada da futura indústria de correias.

Correias Viaduto

A antecipação  da execução dessa obra foi solicitada pela Associação Comercial e Industrial de Marabá, preocupada com um possível retardamento das obras físicas da Mercúrio, caso o viaduto fosse construído somente a partir de 2015.

“A direção da Vale entendeu nossos apelos e antecipou o cronograma de construção do viaduto. Nossa preocupação era que ocorresse  problemas de continuidade caso a duplicação da Estrada de Ferro e a obra do viaduto, naquele local,  fossem feitos somente no próximo ano. A Vale foi tão parceira que até a duplicação da EFC, ali naquele trecho, já está feita e o viaduto em fase de conclusão”, conta Gilberto Leite, presidente da ACIM, em visita às obras da Correias Mercúrio, acompanhado  do empresário Ítalo Ipojucan – ex-presidente da ACIM e ex-Secretário de Indústria, Comércio e Mineração de Marabá.

A propósito, deve ser dado a Ítalo Ipojucan o crédito pela atração dos investimentos da Correias Mercúrio e da loja de Departamento Havan, de Florioanópolis, cuja loja será inaugurada esta semana próximo ao aeroporto.

Quando ocupava a SICOM, Ítalo articulou todo um arcabouço de atrações para viabilizar a vinda das duas grandes empresas para Marabá – inclusive foi idealizador da Lei Municipal de Incentivos para a atração de investidores.

Com a lei aprovada na gestão de João Salame, a Sinobrás – beneficiada pelos incentivos – está duplicando sua planta industrial que permitirá a contratação de mais empregos e geração de impostos para o Estado e Município.

Mas Ítalo faz questão de não absorver sozinho os ventos das conquistas.

“Eu contei com o apoio dos colegas da Associação Comercial e do próprio prefeito Salame, que compreendeu a importância da lei de incentivos e atuou junto a Câmara Municipal para aprovar a legislação”, explica Ítalo.

Quando estiverem em pleno funcionamento, Correias Mercúrio e a Havan gerarão 500 empregos diretos. Somando à duplicação da planta da Sinobrás, esse  número de empregos  subirá para 800 pessoas.

Gilberto Leite e Ítalo Ipojucan visitando obras da Mercúrio
Gilberto Leite e Ítalo Ipojucan visitando obras da Mercúrio

 

Responsável pelas articulações para viabilizar a vinda da Havan, Ítalo visita a loja que será inaugurada neste final de semana
Responsável pelas articulações para viabilizar a vinda da Havan, Ítalo visita a loja que será inaugurada neste final de semana