O voo da Águia sem asas

Publicado em 26 de março de 2012

 

 

Poster recebe informação de que a renda do jogo Águia  3 x 0 Cametá foi mais uma vez decepcionante, no Zinho Oliveira. Pouco mais de 500 pessoas pagaram ingressos – numa partida importante para a classificação do time à fase final do 2o. Turno do Parazão.

Para uma agremiação que se propõe a ser um clube grande, no futuro, a minúscula presença de torcedores para assistir jogos do time marabaense é uma ameaça aos propósitos aguianos.

Assim como é de total despropósito o Águia sinalizar de que terminará mais um campeonato sem sentir o gosto de um título paraense.

O Independente, de Tucuruí, bem mais jovem, com apenas três campeonatos disputados, já conseguiu ser campeão do Pará – e caminha, a passos largos, para construir seu Centro de Treinamento.

Há algo de errado no “Principado de Mônaco” que a vã filosofia popular não consegue entender.