Hiroshi Bogéa On line

O sonho acabou

Quando este poster ocupou a secretaria de Comunicação da prefeitura de Marabá, durante a gestão de Geraldo Veloso, um projeto de inclusão digital chegou a ser elaborado com participação da iniciativa privada para a implantação de cyber públicos em cinco pontos dos cinco núcleos habitacionais do município: Cidade Velha, Nova Marabá, Cidade Nova, São Félix e Morada Nova. O planejamento destinava 50 computadores para cada “Quiosque Cidadão” -, como chegou a ser definido o programa de inclusão digital -, que seriam gerenciados por três orientadores, cada cyber.
A secretaria de comunicação acertara a participação no projeto de três usinas de ferro gusa -financiando os 250 computadores -, da Embratel, que entraria com os links de cada Quiosque Cidadão,e até da Celpa, cobrando taxa simbólica da energia a ser consumida. A prefeitura pagaria o salário dos trinta Orientadores Digitais (15 por cada turno), que passariam por um treinamento para atendimento público.
Os quiosques ofertariam à população acesso gratuito à Internet e a idéia era expandir os cyber até a zona rural. A cada consolidação de um núcleo digital, se implantaria outro até cobrir todo o município.
Geraldo Veloso morreu antes da implantação do programa social, o poster entregou o cargo e o sonho de contribuir um pouquinho para ajudar a transformar o perfil social de nossa gente sepultou-se junto com o ex-prefeito.

Post de 

3 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    8 de setembro de 2007 - 02:09 - 2:09
    Reply

    Corrigindo acima: “Que os futuros secretários de comunicação dos municípios abracem a idéia e tentem viabilizá-la.

  2. Hiroshi Bogéa

    8 de setembro de 2007 - 02:08 - 2:08
    Reply

    Que os futuros secretários de comunicação dos municípios abracem a idéia e tentem viabilizá-las. Minha paciencia para lidar com a função pública esgotou-se faz tempo.

  3. Val-André Mutran

    8 de setembro de 2007 - 00:02 - 0:02
    Reply

    Trata-se de um projeto factível e sobretudo transformador.
    Caro Hiroshi, sonhos não são sepultados, apenas adiados.
    Parabéns pela iniciativa e vamos a ela.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *