Hiroshi Bogéa On line

O silêncio de Bernadete

Até o presente momento, apenas a deputada estadual Bernadete ten Caten (PT) não se manifestou a respeito de rumores dando conta de que os parlamentares eleitos pela região Sul estariam manietados pelo governo quanto a criação dos estados do Carajás e Tapajós. Os deputados João Salame (PPS) e Parsifal Pontes (PMDB), tão logo o blog publicou post sobre o assunto, reagiram com dureza, ratificando seus compromissos com a causa multiplicacionistas – termo usado por Salame.
Já se passaram 24 horas e a deputada ainda em obsequioso silêncio.

Post de 

5 Comentários

  1. Anonymous

    19 de julho de 2007 - 00:34 - 0:34
    Reply

    Se depender da Senhora Bernadete, o Estado vai pra cucuia.
    Esse mandato é uma verdadeira correia de transmissão da “Tia” Julia.

  2. Val-André Mutran

    18 de julho de 2007 - 20:47 - 20:47
    Reply

    Gostaria de ler o que ela pensa.

    Caso muda permaneça. Posso pensar o que quiser. Concordam?

  3. Anonymous

    18 de julho de 2007 - 17:56 - 17:56
    Reply

    Se a Bernadete não se manifestar publicar mostrando que apoia incondicionalmente a criaçào do novo Estado, eu que sempre votei nela mudarei meus votos futuros. Detesto aproveiradores.
    Maria Afonso Ribeiro
    Laranjeiras- Marabá

  4. Anonymous

    18 de julho de 2007 - 17:20 - 17:20
    Reply

    A Bernadete nãio tem nenhum compromisso com a criaçào do Estado de Carajás. Ela tem compromissos com os esquemas montados no Incra e nas associações de Marabá. Fora isso, é só jogo de cena.

  5. Anonymous

    18 de julho de 2007 - 15:49 - 15:49
    Reply

    Quem é do PT sabe que a Bernadete sempre foi assim: murista, quando os interesses diretos dela e do maridão estão em jogo. O máximo que ela fará nesse quesito Carajás é vez por outra dizer que apóia o movimento. Agora, ir à luta, duvidêodó.

Leave a Reply to Anonymous

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *