Hiroshi Bogéa On line

O silêncio da grande mídia

Caso Amaury: conspiração do silêncio?


– Brizola Neto

Não conheço o senhor Amaury Ribeiro. Sei, apenas, que tem uma trajetória profissional que passou pelo jornal O Globo, JB, Estado de Minas, Istoé e vários outros veículos. Não me cabe, mas à polícia, determinar se ele cometeu crime de violação de sigilo fiscal. Nem jurar que o que ele diz é verdade ou mentira. Mas, como qualquer pessoa, Amaury não pode ser reduzido ao silêncio.


E foi isso que a imprensa fez, não obstante ele ser um jornalista e, dentro da profissão, ter tido alguns dos maiores prêmios profissionais que poderia obter: o Prêmio Esso (três vezes) e o Valdimir Herzog (quatro).

Ontem, ao sair do depoimento na Polícia Federal, ele distribuiu documentos que integrariam a CPMI do Banestado, aos quais obteve acesso legal. Não se tratava de declarações de renda ou bens obtidos criminosamente. Os documentos foram xerocopiados no próprio Tribunal de Justiça de São Paulo e trazem este registro de presunçao de autenticidade.

Nada foi publicado.

Nem mesmo a carta com que Amaury Ribeiro encaminhou o documento a seus colegas, que reproduzo abaixo, obtida no Blog do Nassif , onde também podem ser baixados os documentos oferecidos por Amaury, em .pdf, aqui e aqui.

Leia e veja o que os jornais de hoje dizem ser “uma papelada” e deixam de apurar se é verdadeiro.

—————
NB  – Pa ler a carta de Amaury, entregue à imprensa.

Post de 

3 Comentários

  1. Anonymous

    27 de outubro de 2010 - 17:43 - 17:43
    Reply

    Bem lembrado ô das 21:56. Gostaria de mencionar também que Jatene cortou o ponto dos grevistas de 2004,lançou a perseguição para reprimir, e mantinha a política de contratos para trazer a categoria no cabresto.Pena mas pena mesmo a mídia não ter dado a ênfase merecida ao episódio de 2004 talvez porque na época a TV LIBERAl usava as torres do Estado para transmitir o sinal da rede Globo, e as outras praticamente só reproduziam o sinal na capital e algumas sem programação local. Isso deve ter contribuido para que devera as balas de borracha que o Jatene mandou atirar contra os trabalhadores em educação fossem esquecidas. Balas que feriram inclusive transeuntes que não faziam parte da manifestação.Infelizmente no governo do PT também tivemos um episódio lamentável com a PM. Mas quem é o Sr. Jatene para questionar isso?

  2. Anonymous

    27 de outubro de 2010 - 00:56 - 0:56
    Reply

    Eu que pensava que neste país faltavam políticos sérios ,mais comprometidos com as causas sociais do que com as pessoais, vejo que também falta órgãos de imprensa que sejam imparciais e que apenas informem os fatos. No entanto não deixemos de observar que fomos colonizados com tudo de ruim que tinha na Europa então herdamos o carater dos ladrões e a moral das prostituas por isso temos um José Serra pousando de santo e um Simão Jatene que já esqueceu que mandou bala de borracha nos professores em 2004 falando que no seu governo havia espaço pro diálogo. Tenham a santa paciência! E KD esse PT que num desmascara esse povo. Tão com medo de que?

  3. Anonymous

    26 de outubro de 2010 - 17:50 - 17:50
    Reply

    MORTE DO POLVO PAUL

    A última previsão do polvo Paul, antes de morrer, é de que ANA JÚLIA seria reeleita Governadora do Estado !!!

    A força do Paul, digo, do povo vai vencer !!!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *