Hiroshi Bogéa On line

O Saara vai ser aqui

A foto foi batida pelo poster do interior de um avião bimotor, em fevereiro.

Do verde antigo fechado de matas, sobraram nesgas de florestas.

Pequenas “ilhas” de mata densa, aqui e ali.

Em quase todo Sul do Pará, a onda é essa.

Primeiro, os madeireiros chegam, arrancando toda espécie nobre. Deixam um rastro de destruição para o fazendeiro terminar de fazer o “serviço”.

Agora, com a ajuda dos agricultores assentados.

Cada um faz a sua parte.

O local fotografado é próximo a Tailândia.
Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    11 de abril de 2008 - 03:29 - 3:29
    Reply

    Por isso o Pará tem 04 vezes o território do Rio Grande do Sul e 20% do PIB.
    Se bairrismo doentio e preguiça produzisse alguma coisa, meu chapa, os cariocas eram os campeões de produção.

  2. Anonymous

    9 de abril de 2008 - 11:15 - 11:15
    Reply

    Esse é o setor produtivo do sul do Pará. Destruidores e escravistas. Assim como nossos políticos essa classe só envergonha o povo paraense.

    O Pará para seus nativos, nós não precisamos do “trabalho” desses gauchinhos, nem o Pará precisa, nem o RS, e, pelo jeito, menos ainda a europa. Trata-se de uma escória, que vem sendo expulsa, darwinianamente, de todos os cantos por onde passam, se aqui demoram um pouco, deve-se apenas a tolerância do nosso povo.

    Não servem para nada, a não ser para o que se ver na foto, ou seja, destruir.

  3. Anonymous

    8 de abril de 2008 - 20:24 - 20:24
    Reply

    O rapaz tem solução pra tudo.
    Devia ser o presidente da república…da Bobéia.
    E tem gente muito trabalhadora aqui no sul do Pará,seu.

  4. Anonymous

    8 de abril de 2008 - 15:50 - 15:50
    Reply

    Se colocar tanto Gaúcho como o rapaz quer, terás um monte de “bibas”. Não rsolverá o problema da Flora somente da Fauna,pois resgatarás o sumido “mateiro”.

  5. Anonymous

    8 de abril de 2008 - 14:10 - 14:10
    Reply

    Tudo virou carvao para alimentar a ganancia de certos empresarios que levam todo dinheiro para Minas Gerais aqui so deixando miseria.

  6. Roberto C. Limeira de Castro

    8 de abril de 2008 - 14:04 - 14:04
    Reply

    Tá faltando Governo, Hiroshi, e gente trabalhadora.
    Assentas um gaúcho em cada repartição dessa separada por um regato e terás um mundo de soja, algodão, girasol e gado. Se desejares ter um idéia como ficaria, pede para o teu amigo sobrevoar a região de Sorriso-MT e fotografá-la do alto.Estou te mandando uma foto via e-mail para que publiques no teu Blog.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *