Hiroshi Bogéa On line

O que vier, é lucro!

Com uma folha salarial de R$ 60 mil, o Águia está entre os oito clubes que tentarão a façanha de acesso à Série B do Brasileiro.

O poster quase morre do coração, no Zinho Oliveira, torcendo pelo gol de empate que saiu à fórceps.

Jogo sofrido, exatamente no figurino das batalhas vividas pelos times campeões.

O Águia é o Pará no Brasileiro.

Post de 

8 Comentários

  1. Anonymous

    1 de outubro de 2008 - 12:06 - 12:06
    Reply

    Tive a informação que o estádio seria para 16.000 pessoas.

  2. Anonymous

    30 de setembro de 2008 - 00:00 - 0:00
    Reply

    Esse futuro Estádio da folha 16, que não sei quando vai nascer, já nasce morto, pois é pequeno para as necessidades atuais, imagine para o futuro, não existe estacionamento…, pelo visto vai ser um estadio zinho, como o velho zinho.

  3. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 23:04 - 23:04
    Reply

    Agora vejam o q aconteceu em MARABÁ, a cidade parece uma tábua de pirulito é buraco pra todo lado e as obras eleitoreiras n vão ser terminadas pois o atual gestor já sabe q o candidato dele já era, o buraco do estádio está la na 16 parado, cadê as verbas q foram liberadas para construção do estádio? e o nosso querido AGUIA, q agora poderia faturar com seus jogos em Marabá, vai ter de se contentar e jogar em Belém longe dos milhares de torcedores marabaense, é brincadeira?

  4. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 20:02 - 20:02
    Reply

    O Águia já é uma realidade, basta apenas ser visto desta forma pelos políticos da nossa cidade e o empresariado.
    É triste ver uma cidade com o potencial de Marabá, com uma população tão grande, perdendo mando de campo por não ter estádio que comporte os jogos do nosso Águia.
    Marabá é uma região rica, fonte de renda para muitas empresas, esperamos que estas retribuam o que colhem aqui, e esperamos também que as promessas dos cadidatos sejam cumpridas e não só eleitoreiras.
    Qualquer incentivo ao esporte, a cultura é importante e é mais do que obrigação.
    Vamos lá VALE, SINOBRAS, e outras grandes.
    Marabá desde já agradece!

    Bob

  5. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 19:42 - 19:42
    Reply

    Já imaginaram se o Galvao fosse eleito prefeito de Marabá.
    Acredito que ele ia motivar esta cidade e conseguiria transformar Marabá em potencia nacional.
    Fora Salame, Fora Bernadete, fora Maurino viva Galvao.

  6. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 18:26 - 18:26
    Reply

    Garra, determinação, humildade, aplicação, e claro um bom futebol.
    Com esses ingredientes, o Águia presenteou, sua imensa torcida, com uma campanha belissima, é bem verdade que muito sofrida.
    Estamos de peito lavado.
    Acredito nesta equipe. Tenho visto o time jogando de forma ofensiva, com um toque de bola refinado, bem arrumado taticamente, e com um técnico que além de conhecer futebol é um grande gurú e sabe motivar o time.
    Não será surpresa se o nosso Águia ficar entre os quatro classificados para a série B de 2009.

    Parabéns! Águia do Pará.

    El Cid

  7. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 15:03 - 15:03
    Reply

    Uma vergonha mesmo, é tanto investimento em infra-estrutura e pro estádio que tem dinheiro LIBERADO pelo Governo Federal nada…tsc tsc tsc
    Agora o Águia terá que jogar em Belém por causa do pensamento curto desse gestor municipal.

  8. Anonymous

    29 de setembro de 2008 - 13:16 - 13:16
    Reply

    Blogueiro.
    Só pra ter uma idéia,as obras do estadio estão paradas fazer o que? se quem deveria se preocupar com o bem estar da cidade, ta mais preocupado em se manter no poder..Lamentável.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *