Hiroshi Bogéa On line

O lado bom

Sem hipocrisia. Foi assim que José Gomes Temporão fez sua estréia pública como ministro da Saúde. Chutou o balde da mesmice dos governos ao defender a legalização do aborto sem meias palavras:

– “Isso é, antes de mais nada, uma questão de saúde pública, porque milhares de mulheres morrem todos os anos submetendo-se a abortos inseguros. Sei que é uma questão polêmica (a legalização), que envolve aspectos morais, religiosos, sociológicos, mas diz respeito, fundamentalmente, à política de saúde”.

Pronto. Não falseou, não se escondeu da Igreja, provando com sua honestidade ser possível transformar essa joça de país encarando os dinossáuricos porta-vozes do atraso. Corre o risco de ser chamado atenção pelo Vaticano, mas aí são outros quinhentos.
Extemporâneo, esse Temporão.

Post de 

3 Comentários

  1. roberto salame filho

    4 de abril de 2007 - 21:43 - 21:43
    Reply

    Minha presença será habitual.

    Parabéns pela iniciativa do blog.

  2. hiroshi

    30 de março de 2007 - 12:07 - 12:07
    Reply

    Da vida de adolescente mâes sem ter vivido a infância; vida de mães involuntárias porque submetidas à gravidez forçada de um estupro; DA VIDA de quem descobre não querer o filho de alguem que lhe maltrata.
    Vida, como suprema causa humana.
    Gostei de sua presença aqui, estimado causídico (que palavrão!)
    Abs

  3. ROBERTO SALAME

    29 de março de 2007 - 22:12 - 22:12
    Reply

    Boa noite Hiroshi!!!

    Trata-se não só de saúde pública, como declarou o Ministro, mas, fundamentalmente, DA VIDA!!!!

    ROBERTO SALAME FILHO

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *