Hiroshi Bogéa On line

Nota da Polícia Civil diz que prisão dos PMs foi legal

Em nota enviada ao blog nesta sexta-feira (13), a Polícia Civil informou que todos os procedimentos adotados pela corporação na prisão dos policiais militares envolvidos no grupo que assaltou agência bancária em Bom Jesus do Tocantins foram dentro da legalidade.

“Todos os procedimentos adotados pelas equipes de policiais civis, desde a prisão dos acusados até a formalização dos procedimentos policiais foram realizados dentro da legalidade e sem cometimento de quaisquer atos arbitrários”, diz a nota.

A Polícia disse ainda que a corregedoria da PM foi avisada imediatamente após a prisão dos militares, e que os mesmos acompanharam os procedimentos. Os PMs foram custodiados em locais separados e submetidos a exame de corpo de delito ainda em Marabá, sudeste paraense.

“A Polícia Civil ressalta que a investigação de crimes é impessoal e isenta de interesses particulares visando unicamente identificar os responsáveis pelos atos criminosos com vistas à punição dos culpados, sem macular a imagem de quem quer que seja”, completa a nota.

A nota diz ainda que a integração das polícias Civil e Militar é fundamental para combater a violência no Estado. Na quarta-feira (11), a Polícia Civil apresentou seis pessoas acusadas de assaltar a agência do Banpará na última terça-feira (10). Entre elas, estavam três policiais militares que foram presos em flagrante acusados de dar fuga aos suspeitos e fornecer armas e munições.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *