Nos escaninhos da patifaria

Publicado em 26 de abril de 2013

 

 

CorrupçãoA queda de braço entre o PMDB e o senador Mário Couto continua.

A tentativa de deputada estadual Cilene Couto (PSDB) de pedir aditamento  de requerimento da CPI, solicitada na Assembleia Legislativa para apurar denúncias de uso de dinheiro do Detran para manutenção do time de futebol, Santa Cruz de Cuiarana, de propriedade do senador, que vem a ser pai da deputada, pode dar com os burros n´água.

Parsifal Pontes, líder do PMDB na AL e autor do requerimento da CPI, rosnou: -” Nunca houve isso na história do país. Uma CPI tem fato determinado e para isso conseguimos um número de assinaturas que permite  a instalação da comissão para apurar este fato que motivou a proposta de formação da CPI!, disse ele, em entrevista ao Diário do Pará.

Em outras palavras, a bancada que pediu a CPI, formada por PMDB, PT e Psol, fincará posição contrária ao aventado interesse da deputada Cilene Couto,  da Comissão Parlamentar de Inquérito investigar gestões anteriores a do atual diretor Walter Pena, colocado no cargo pelo senador Mário Couto.

A filha do senador quer mexer nas contas  de Lívio Assis, ex-diretor geral do Detran, indicado na gestão da ex-governadora Ana Júlia pelo senador Jader Barbalho.