Hiroshi Bogéa On line

Nocaute

Dionisio Gonçalves, coordenador do Sintepp de Marabá, foi eleito esse fim de semana em Belém coordenador da executiva estadual da DS, durante encontro da tendência ligada a Ana Júlia. Ganha mais poder para isolar de vez a influencia interna do advogado Ronaldo Giusti, que já tinha perdido a disputa para impedir a filiação do professor ao Partido dos Trabalhadores. Com as bençãos de Charles Alcântara e Edilza Fontes.

Post de 

8 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    5 de outubro de 2007 - 17:27 - 17:27
    Reply

    Bia, a Luciana, apesar de já ser mãe, ainda é, sim, uma menina de cachinhos e de profundo senso de responsabilidade. Concursada da Adepará, ela pode representar o Novo na repartiçào pública. Tenho maior respeito por ela e pelo seu pai, o Ademir Martins, aquela mesma figura idealista, honesta e sincera. Temos que preservar esses valores que você tão bem os conhece de Marabá.
    Um beijos, querida.

  2. Bia

    5 de outubro de 2007 - 11:18 - 11:18
    Reply

    Hiroshi,

    amanhecemos hoje melhor com a decisão dobre a fidelidade partidária, ainda que meia-sola, remetendo ao Tribunal Eleitoral a decisão final, o que vai render anos de processo. Mas, algo se move na direção do que é justo: se é preciso ser filiado para ser candidato, então o Partido é que garante a existência do mandato.

    Quanto ao post e os comentários, não há crime no fato de pessoas de confiança ocuparem cargos na administração pública. Para alguns cargos, além da confiança, é fundamental a competência técnica e política.

    Parecem ser estes o caso do Ronaldo Giusti, advogado militante há décadas nessa região, do Ademir, pelo conhecimento das questões regionais e de Luciana, que na minha memória ainda é uma menina de cachinhos, e que hoje é uma profissional competente e, segundo o esclarecimento acima, concursada em cargo de carreira.

    Mas, infelizmente, essa não é a prática geral do poder. De nenhum, desde Cabral, o navegante (e não do meu grande amigo que presidia a COHAB!…rsrsrsr)

    Veja o caso do conselheiro do TCM Lula Chaves, que emprega 16 parentes e amigos, cujas competências deveriam ser melhor explicitadas e cuja renda mensal somada (cerca de 200 mil reais) supera o ICMS de pequenos municípios do estado, conforme denunciou o Deputado Jordy na sessão especial sobre o TCM.

    O nepotismo como instrumento de “ascenção” no setor público e os privilégios aos amigos vazios de mérito, e, o que é pior, alguns com grandes deméritos, infelizmente ainda são a regra.

    Abração.

  3. Anonymous

    4 de outubro de 2007 - 18:30 - 18:30
    Reply

    Luciana Martins é concursada da ADEPARÁ. Ronaldo Giusti está na Integração Regional desde maio deste ano.

  4. Hiroshi Bogéa

    4 de outubro de 2007 - 09:51 - 9:51
    Reply

    Paulo de Tarso, esse patrulhamento não tem sentido. No processo democrático, é perfeitamente normal o preenchimento dos cargos de confiança pelas pessoas ligadas aos dirigentes governamentais e que exercem liderança na capital e no interior. Individualizar dessa forma a questão, sinceramente, é muito pequeno. Com todo respeito, é claro.
    A filha do Ademir Martins, somente como exemplo, por que citada no comentário, é uma competente profissional que qualificaa a função a qual exerce. Tenha certeza disso.
    Um abraço.

  5. Anonymous

    3 de outubro de 2007 - 21:04 - 21:04
    Reply

    Ei, eu também quero. Pra mim e pros meus irmãos. Se der pra minha sogra também, que é muito chta e precisa de uma ponta pra calar a bopca.

  6. Anonymous

    3 de outubro de 2007 - 15:24 - 15:24
    Reply

    Hummm,

    O PT tem que Governa, vcs queriam que fosses vcs, o seus tempos de vacas gordas ja passaram rsrsrs agora e o povo do PT, quer um pedaço vem pro PT vem.

  7. Anonymous

    3 de outubro de 2007 - 15:10 - 15:10
    Reply

    É ruim hein. Essa tchurma do PT gosta de uma mamata. Que moral eles tem pra criticar os outros?

  8. Anonymous

    3 de outubro de 2007 - 11:41 - 11:41
    Reply

    Hiroshy,

    Tu tá por fora. Já calaram a boca do Ronaldo. Ele foi nomeado assessor de articulação regional pelo Charles. Veja no Diário Oficial de 18 de setembro e com data retroativa a 26 de julho.
    Aliás essa turma que critica o Paulo Rocha não tem moral. Veja só o nepotismo. O Ronaldo e a mulher dele, Eva, tão empregados com DAS. Também o Ademir Martins e a filha dele. Todos são da DS. E a Bernadete do PT pra Valer? O primeiro que ela empregou foi o marido, na Sepof. A máscara deles tá caindo. Eles não tem moral pra cobrar coerência de ninguém.

    Paulo de Tarso

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *