Hiroshi Bogéa On line

No Senado, Flexa Ribeiro cita Blog e cobra Alpa

 

 

O post Alpa: marabaneses vão radicalizar está repercutido no Brasil, depois de  lido no plenário do Senado pelo congressista paraense Flexa Ribeiro (PSDB) ao cobrar da Vale, e do governo federal, ações práticas para a implantação do projeto siderúrgico em Marabá.

Senador leu, também, a íntegra do comentário do presidente da ACIM, Ítalo Ipojucan, enviado ao mesmo post, destacando a luta que o dirigente da Associação Comercial e Industrial  desenvolve para viabilizar o empreendimento.

Resumo do que disse Flexa Ribeiro, após a leitura do post e do comentário de Ítalo:

 

Amanhã (hoje, quinta-feira, 15), na Comissão de Infraestrutura, vou encaminhar um requerimento, Senador Jayme Campos, pedindo informações à Companhia Vale sobre o andamento das obras de implantação da Alpa, a siderúrgica que está sendo implantada em Marabá.

A informação que obtive hoje é de que a Companhia Vale suspendeu a implantação da Alpa sob a alegação de que nada será feito enquanto não houver a definição das obras de derrocamento, ou seja, enquanto a hidrovia do Tocantins não tiver sido implantada pelo Governo Federal. Isso já foi dito no ano passado.

Inclusive a imprensa do meu Estado anunciou essa medida da Vale numa ida da Ministra Miriam à Comissão de Assuntos Econômicos. Isso foi mostrado pelo Senador Flexa Ribeiro à Ministra, que se preocupou com a notícia, que, depois, foi desmentida pela Companhia Vale. Mas hoje a informação voltou a chegar ao meu conhecimento.

Eu vou encaminhar amanhã, por meio da Comissão de Infraestrutura, um requerimento para que a Vale possa informar os valores investidos desde o início da implantação da Alpa até o mês de março de 2012 – os valores investidos mês a mês e os gastos na implantação da Alpa –, para que nós possamos saber exatamente, pelos valores gastos, o andamento da obra e se a Vale continua com a obra dentro do cronograma, se houve redução do avanço da obra ou paralisação. Pelos valores gastos, nós vamos ter o exato retrato da intenção da Vale: se é implantar a Alpa, se é acelerar a implantação ou – se a notícia que nos chega é verdadeira – se a implantação da Alpa foi realmente paralisada.

Isso preocupa todos nós do Estado do Pará, em especial os nossos amigos lá de Marabá e região. Vejo aqui, no blog do Hiroshi, comentários postados pelo meu amigo e ex-Vice-Prefeito Ítalo Ipojucan, de Marabá.

 

Post de 

7 Comentários

  1. joao filho

    18 de março de 2012 - 22:59 - 22:59
    Reply

    pois bem. vamos esquecer os nobres senadores, e vamos cobrar da nossa bancada federal. Afinal de contas , o para nao virou o PARAZINHO,

  2. Sulamita Pessoa

    15 de março de 2012 - 22:52 - 22:52
    Reply

    João Filho com todo respeito o senhor deve ser um desenformado, Jader que me deixou triste quando assumiu no lugar da Guerreira Marinor foi o primeiro que se manifestou , não tiro o ato benefico do Flexa mas não posso deixar de reconhecer a iniciativa do Jader.

    Sulamita Pessoa
    Macapá-Amapá

  3. Wagner Miranda

    15 de março de 2012 - 22:31 - 22:31
    Reply

    Tbm não concordo com vc João Filho.
    Fico triste em constatar que um representante do povo não tem conhecimento dos fatos de grande importância no nosso Estado, conforme seu pronunciamento: “A informação que obtive hoje é de que a Companhia Vale suspendeu a implantação da Alpa sob a alegação de que nada será feito enquanto não houver a definição das obras de derrocamento, ou seja, enquanto a hidrovia do Tocantins não tiver sido implantada pelo Governo Federal.”
    Qualquer um leigo lendo suas falas perceberá que ele não tem conhecimento sequer do que está acontecendo com relação ao projeto ALPA. Só nos resta lamentar e ter a certeza que este projeto da Hidrovia foi tirado do orçamento e o fato inviabilizou o projeto Alpa e o nobre senador não tem conhecimento nenhum dos fatos.
    Acorda SENADOR!
    Estes projetos fazem parte de um dos maiores a serem implantados e se Deus quiser serão concretizados na região AMAZÔNICA.
    Obrigado pelo espaço Hiroshi Bogea.

  4. Txt

    15 de março de 2012 - 19:14 - 19:14
    Reply

    Tu se contenta com muito pouco então João Filho. Me responde: Pq o Flexa so abriu a boca agora? E tem mais, vai ver com quem ele anda e se reune em Belem. Tudo isso nao passa de uma bela encenação.

  5. joao filho

    15 de março de 2012 - 18:11 - 18:11
    Reply

    TÔ COMECANDO A GOSTAR DESSE FLEXA. SE OS POLITICOS DO NOSSO ESTADO FIZESSEM O DEVER DE CASA COMO ESTE,O NOSSO ESTADO SERIA OUTRO.CADÊ O JADER BARBALHO, CADÊ O MARIO COUTO, CADÊ A NOSSA BANCADA FEDERAL

  6. Mestre Chico Barão

    15 de março de 2012 - 17:37 - 17:37
    Reply

    Hiroshi

    Parabéns, só o faço a quem merece, você acabou de mostrar que onde publicas e o que publicas chega sem necessidade de logística nos quatro cantos do pais (talvez seja até mais abrangente).

    Mano a temporada de caça aos coelhos reprodutores da raça Gigante de Flandres, nominados os dois Zé do S, Sarney e Soares que estava aberta, porem com um só caçador agora já tem dois atirando!

    O Salame agora poderá ter acesso ao cronograma que pediu desde novembro de 2011, o Divaldo vai poder mostrar que tinha razão quando questionou a data, o Gilberto Leite saberá que não foi atendido no seu pedido de urgência e o Nagib verá seu erro de baixar a guarda achando que a criação do grupo ecumênico daria conta do recado!

    Que acordem os outros caçadores domiciliados em Brasília ou Marabá e adjacências os transformará em caça!

    MCB

  7. Maria Oliveira

    15 de março de 2012 - 13:12 - 13:12
    Reply

    Parabéns Hiroshi. Em Canaã o blog tb é sucesso. Segundo informações tem post que foi impresso e destribuído nas ruas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *