Hiroshi Bogéa On line

No remanso dos lagos

Passados quinze dias do lançamento da pré-candidatura de Sebastião Miranda (PTB) ao governo do Estado, rápida como surgiu  -, empacou.

Nem saiu do lugar, melhor dizendo.

Ao contrário de alguns prognósticos, inclusive aqui no blog,  a novidade não ganhou a repercussão que se esperava, como ponto de partida para um projeto destinado a transformar-se na chamada terceira via.

A própria imprensa de alguns municípios importantes regionais, como Parauapebas, Redenção, Xinguara e Santarém, deu pouca, ou quase nenhuma importância à proposta estadual do PTB.

Descontando o hiato das festas de final de ano, o nome de Tião Miranda pré-candidato a governador deveria pelo menos ter tido boa visibilidade nos comentários variados das esquinas, bares e salões gerais.

Não teve.

Post de 

5 Comentários

  1. Anonymous

    11 de janeiro de 2010 - 21:16 - 21:16
    Reply

    Ô das 16:35 hs. concordo em gênero, número e grau, com suas colocações acerca de Tião Miranda. Abs. Em 11.01.10, Marabá-PA.

  2. Anonymous

    7 de janeiro de 2010 - 19:35 - 19:35
    Reply

    Sebastião Miranda é um excelente administrador (síndico) mas não tem voto. Nunca teve. pegou carona na morte do dr. Veloso e depois gastou fortunas para permanecer no cargo. Não tem carisma, não tem diálogo, não aglutina e não tem voto. Está no lugar certo: escondido no SEBRAE.

  3. Anonymous

    6 de janeiro de 2010 - 18:59 - 18:59
    Reply

    Já era o esperado. Tião não tem cacife, nem popularidade, (embora deva ter muita grana), porisso a imprensa não "adotou" a idéia.

  4. Anonymous

    6 de janeiro de 2010 - 15:50 - 15:50
    Reply

    Isso!!! Maurino para Deputado !!!!

  5. Anonymous

    6 de janeiro de 2010 - 01:04 - 1:04
    Reply

    Tiao nao tem carisma portanto a candidatura dele nao empolga nem puxa saco.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *