Hiroshi Bogéa On line

No Pará, Marabá está entre os municípios que mais registraram mais mortes pelo vírus da AIDS

No decorrer do ano passado, 1.381 adultos e 13 crianças foram diagnosticados com o vírus HIV no Pará e iniciaram tratamento pelo SUS no Estado.

Os municípios que registraram mais mortes pelo vírus foram Belém, Ananindeua, Santarém, Marabá, Paragominas, Bragança, Itaituba, Parauapebas, Redenção e Castanhal.

No mesmo período, outras 537 pessoas manifestaram os sintomas da Aids, composta por um quadro de enfermidades ocasionadas pela perda das células de defesa em decorrência da infecção pelo vírus HIV.

Segundo dados do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS), só nos primeiros quatro meses deste ano 257 pacientes, dos quais 212 só em Belém, precisaram ser internados para conter o avanço das sequelas da Aids em hospitais de média e alta complexidade.

Estes fazem parte do universo de aproximadamente 10 mil pessoas, entre adultos e crianças, que fazem tratamento para HIV/Aids no Pará por meio de uma rede de serviço própria para o trabalho de prevenção e para o monitoramento dos pacientes soropositivos.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *