Hiroshi Bogéa On line

No meio das torcidas

Quem ler o Liberal de hoje,17, na primeira página do caderno de Polícia (aqui  imagem aparece distante) verá por que há uma lógica de desempenho violenta das chamadas torcidas organizadas de Remo e Paysandu.

Conduzidos por policiais,  três bandidos acusados do assassinato de um policial rodoviário federal destacam  manchete da página.

Observem como o segundo deles, chamado Aldair, exibe fantasmagórica tatuagem da “Terror Bicolor” (torcida organizada do Paysandu), ao  lado esquerdo da parte inferior de sua barriga.

Ele é um dos pistoleiros contratados pela viúva da vítima para matar o policial

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *