Hiroshi Bogéa On line

No interior do “interior”

 

Quem conhece a vida do agricultor nessas paragens de mínima presença do Estado, entende o quanto custa a cada família da zona rural viver parcialmente isolada por falta de transporte e vias transitáveis.

O problema se agrava quando o isolamento é total.

A foto cedida gentilmente pela Bia Cardoso, do jornal  Opinião, ilustra o que ocorre no “meio da mata”.

Igualzinha a  musica do Billy Blanco: “Quem está fora não entra, quem está dentro não sai”.

Post de 

6 Comentários

  1. JOAO FILHO

    8 de novembro de 2011 - 11:34 - 11:34
    Reply

    so quem precisa e tem que trafegar nas estradas vicinais do nosso municipio, sebe o quanto e dificil e as vezes ate impossivel. O negorcio e se apegar com deus.

  2. Alberto Lima

    8 de novembro de 2011 - 09:53 - 9:53
    Reply

    Troca o Prefeito!

    Simples assim!!

    55 Neles!

  3. Marabá Melhor

    7 de novembro de 2011 - 11:42 - 11:42
    Reply

    Januário o povo clama para ter uma região com melhores condições de vida e o Pará do jeito que vai de mal a pior, que diga a reportagem da Veja, somente com a criação dos novos estados é que poderemos vislubrar um futuro melhor para esta gente. SIM vamos de 77 jà

  4. Januário

    7 de novembro de 2011 - 01:22 - 1:22
    Reply

    Esta paisagem tá mais pra ser o falido Estado do Tocantins..

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Não 55

  5. neto

    5 de novembro de 2011 - 12:59 - 12:59
    Reply

    concordo com o abandono mas.. e ai?
    nao tem prefeito aí?
    marabá tem os deputados estaduais e federais que são eleitos somente por esse região…. e cade os caras? ESTÃO RICOS E É ESSA A MISÉRIA QUE SE ENCONTRA OS RINCÕES DO ESTADO – ACORDEM !!!!!!!!
    POR SERIEDADE NA POLITICA DO ESTADO VOTO 55 – NÃO A DIVISÃO –
    NÃO AO TIRO DE MISERICORDIA DOS POLITICOS PACUARISTAS E MARQUETEIRO CORRUPTO NO ESTADO DO PARÁ –

  6. Marabá Melhor

    4 de novembro de 2011 - 11:45 - 11:45
    Reply

    Esta fotografia mostra bem o grau de dificuldades que estamos enfrentado nesta região, e ainda tem muita gente querendo que esta e outras situações fique como esta ou pior, já é ora de darmos um basta na falta de presença do Estado e municípo, vamos votar no 77 e logo depois na mudança municipal com uma pessoa que realmente esteja preocupada com este município vamos de Dr. Jorge Bichara.SIM

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *