No braseiro de Sá

Publicado em 2 de março de 2008


Já citei Roberta Sá, entre outros nomes femininos da nova geração. Ela não é uma sambista. O samba, ela faz da melhor qualidade, quando canta.

Como encanta também ao gravar “Só tinha que Ser com Você”, de Tom. Ou estimular seu fã clube, formado grande parte por um publico adolescente, cantar Chico Buarque.

Li dia desses no JB que uma garota de 11 anos, ao se aproximar de Sá num show no Rio de Janeiro fez a seguinte revelação: “Eu gosto tanto de você e eu gosto do Rouge também”.

Uma pré-adolescente abrindo a cabeça para gostar de MPB também. Isto significa que o adolescente não gosta de MPB porque não tem acesso, a partir do momento em que tem acesso, também têm pessoas com quem pode se identificar cantando. Ou seja, elas sabem gostar disso também.

Essa linda Roberta de 25 anos, tem provado que faz tudo de verdade. Deixando um pouco de felicidade na estrada.