No aniversário de 109 anos de Marabá, governo e Vale assinarão termos para edificação de siderúrgica

O governador do Pará, Helder Barbalho, participa nesta terça-feira (5), da cerimônia de assinatura de contratos pela empresa Vale para a implantação do projeto TecnoRed, em Marabá, que tem por objetivo a construção de uma planta siderúrgica com a capacidade de produção de 500 mil toneladas de ferro gusa, proporcionando a verticalização da produção minerária do Estado. O investimento é de mais de R$ 1,6 bilhão.

O projeto, que será implantado no Distrito Industrial do município, permitirá a produção de ferro gusa com baixa emissão de carbono (gusa verde), e deverá gerar, na fase de implantação, 2,6 mil empregos diretos e indiretos e 400 postos de trabalho na fase operacional. Ao longo de toda a sua vida útil, o projeto tem a expectativa de gerar R$ 15,2 milhões em salários por ano e R$ 350 milhões em exportações anualmente.

De acordo com a empresa, a iniciativa conta com uma tecnologia inovadora que permitirá a produção de ferro-gusa (usado na fabricação do aço) a partir da substituição de combustível fóssil por biomassa, reduzindo significativamente as emissões de carbono. Desenvolvida ao longo dos últimos 35 anos, a tecnologia permite, ainda, a eliminação de etapas anteriores à produção do aço na usina siderúrgica, proporcionando a redução na emissão de gases do efeito estufa.

Além da presença do governador, a cerimônia contará também com a participação dos presidentes da Vale, Eduardo Bartolomeo, e da TecnoRed, Leonardo Caputo.