Nível do Tocantins deve continuar subindo. Rio Araguaia tem uma de suas maiores enchentes

Embora, nas últimas 48 horas,  o rio Tocantins tenha sido submetido a uma refreada-, perdendo cerca de 80 centímetros de seu volume, acima das cidades de Imperatriz e Itaguatins, isto não quer dizer que a cheia está com os dias contados no entorno de Marabá, até  o lago de Tucuruí.

Não!

Primeiro, Marabá e o baixo Tocantins sofrem forte influência, em suas cheias, das águas de três rios caudalosos: o próprio Tocantins, rio Araguaia e Itacaiúnas.

A partir de São João do Araguaia, as vertentes de agua são lançadas pelos dois rios, quando se encontram.

Historicamente está comprovado que o maior volume de água é recebido do rio Araguaia, fator que exerce grande influencia nas enchentes ocorridas em Marabá.

Os mais antigos de Marabá costumam dizer:

 

-“Enquanto o Araguaia não começar a descer, Marabá continuará em cheia”.

 

Hoje, terça-feira, 18, a situação é a seguinte.

Em Itaguatins (TO), cidade banhada pelo Tocantins, localizada acima de Imperatriz, o rio desceu 80 centímetros, nas últimas 48 horas.

O vídeo abaixo, obtido pelo blogueiro através de amigos residentes em Itaguatins, com a interveniência do Cláudio Pinheiro, mostra o Tocantins, na manhã desta terça-feira, em estágio de vazante.

Assistam depoimento de quem fez o vídeo.

 

A informação de vazante do Tocantins, claro, é animadora – mas não pode ser medida como sinal de que Marabá está livre de uma cheia maior do que vivida no momento, maior dos últimos 20 anos, durante o mês de janeiro.

Isto porque o rio Araguaia está “tufando”, usando expressão de ribeirinhos.

O blogueiro conversou com o Coordenador da Defesa Civil de Conceição do Araguaia, Roberto Sales.

Ele aponta a cota desta terça-feira em 8,10 metros, ali na cidade vizinha.

Para ter ideia da magnitude do volume de água no médio Araguaia, o nível técnico para decretação de Estado de Emergência, em Conceição do Araguaia,  é de 8 metros.

As ilhas que circundam o município já estão todas tomadas, tanto que a prefeitura municipal iniciou a remoção de familiares ilhados.

E as informações do volume de água do rio são desanimadoras.

Vejam as fotos abaixo do Araguaia banhando a cidade de Conceição do Araguaia.

 

 

Em Aruanã, cidade situada no Estado do Goiás, o rio Araguaia está subindo de forma agressiva.

Segundo Sandoval Silva,  tenente do Corpo de Bombeiros do município, a repentina cheia está assustando os moradores de Aruanã, no oeste do estado.

Segundo ele,  a cheia pode estar sendo provocada por causa das chuvas que caem sem parar na região de Barra do Garças (MT), fazendo com que o volume da água seja um dos maiores dos últimos tempos.

Imagens mostram parte da cidade alagada.

 

A densidade pluviométrica em quase todos os municípios localizados à beira do rio Araguaia, nos  estados do Mato Grosso, Goiás, Tocantins e Pará,  ganhou proporções que pegou de surpresa parte das autoridades dos municípios.

Quem está mais sofrendo as consequências são os moradores e criadores de gado da Ilha do Bananal, no Estado do Tocantins.

Em contato com Raimundo Lontra Ribeiro, médio pecuarista na Ilha, ele disse que todos os donos de propriedades estão há cinco dias lutando para retirar o gado para áreas mais altas.

Os vídeos abaixo, enviados pelo  coordenador  da Defesa Civil de Conceição do Araguaia mostram como se encontra a Ilha, com parte do território ocupada por água – e o trabalho valente dos vaqueiros (usando lanchas) para a retirada do gado das ilhas.

 

—————————–

Atualização às 14h12

A Defesa Civil de Imperatriz anunciou nesta terça-feira, 18, que o nível do rio Tocantins baixou 30 centímetros, encontrando-se a 10, 44 metros acima do nível normal.