Nervos à flor de tudo

Publicado em 23 de agosto de 2007

A quinta-feira (23) promete. Principalmente entre os diretores das siderúrgicas do Pólo Carajás. É provável que haja paralisação geral dos alto-fornos como prenúncio de protestos e radicalização do setor contra a suspensão pela CVRD do fornecimento de minério e a anunciada patada a ser desferida pelo Ibama nas próximas horas.
De novo, Marabá respira insatisfação. O clima está pesado. Pesadíssimo.