Nem Cristo escapa

Publicado em 15 de abril de 2008

Marabá superou, nos últimos dez dias, todos os seus recordes negativos de índices de violência. Ninguém escapa a ação dos criminosos.

A última vítima, para humilhação das instituições do setor de segurança pública, foi a corregedora de Polícia Civil lotada na cidade -, que teve seu carro arrombado, em questão de minutos da ausência dela do veículo, na praça Duque de Caxias, ponto nobre da Velha Marabá.