Nem bem passava das dez

Publicado em 14 de dezembro de 2007

Passava das 10h10 quando o blogger cruzava a rodovia Transamazônica, sentido Marabá, na manhã ira, 14.

Numa curva da estrada, de repente avistamos dezenas de pessoas e cerca de seis carros parados. Vinte minutos antes, quatro bandidos os haviam assaltados naquele ponto, deixando como vítimas, três carros particulares, dirigidos por duas famílias e um executivo de medicamentos.
Depois da curva, uma ponte mal-cuidada. Diante dela, não resta outra alternativa senão reduzir a velocidade do carro, quase parando, ou bater de cara com a morte. Na redução de velocidade quatro bandidos foram parando os veículos. Jogo rápido. Tiros pra cima, revólver na cabeça e a limpeza geral.

A “ feira” dos meliantes foi gorda: levaram quase R$ 3 mil, celulares, máquina digital e um laptop.