Nau sem rumo

Publicado em 22 de agosto de 2007

O delegado-geral Raimundo Benassuly tem esboçado em sua mesa o planejamento de operações destinadas a desmantelar quadrilhas organizadas e ninhos de bandidos espalhados pelos municípios mais importantes. Falta o essencial para qualquer iniciativa: dinheiro.
Vereador de Marabá presente à reunião ocorrida em Belém, sexta-feira passada, na qual se debateu as formas com as quais a polícia idealiza atacar a violência, diz ter ouvido o delegado fazer revelação angustiante diante da falta de estrutura do aparato de segurança estadual, confessando uma realidade comprovada no dia a dia pelo cidadão comum: –

Nós estamos reféns do crime sem condições de combatê-lo, declarou sem meias-palavras a autoridade policial.