Não sobra um, meu irmão!

Publicado em 4 de agosto de 2011

 

De tantos fichas sujas, não está sobrando ninguém para assumir os cargos do Dnit.

Leiam o que diz Lauro Jardim:

 

Amauri Souza Lima, superintendente do Dnit em Tocantins, não passou na triagem feita pela Abin para se tornar diretor-geral da autarquia. Estava tudo certo para Lima assumir o cargo. Ele já havia até conversado com Paulo Sérgio Passos e Miguel Masella, os números 1 e 2 do Ministério dos Transportes. Mas a agência vetou-o.

A propósito, outros dois nomes também foram barrados pela agência. Só outros três, nomeados hoje pelo Diário Oficial para ocuparem diretorias no órgão, é que foram liberados: Luiz Heleno Albuquerque Filho (diretor-executivo), Eloi Angelo Palma Filho (diretor de Infraestrutura Rodoviária) e Marcelo Almeida Pinheiro Chagas (diretor de Infraestrutura Ferroviária).