Hiroshi Bogéa On line

Não “interviu”, viu?!

Não foi erro de teclado, nem grafia equivocadamente escrita. Puro grosseiro erro gramatical. Na dúvida, é sempre bom consultar o dicionário antes de postar a nota.
Do jeito que foi escrito, não é legal, sinceramente.

Dói na alma a expressão “policia interviu a tempo de evitar o assalto”.

Não existe interviu. A terceira pessoa do passado do verbo intervir é interveio. Isso porque esse verbo deriva de vir. Logo, se alguém diz “ele veio”; você tem de dizer ele interveio; eu venho, eu intervenho; eles vieram, eles intervieram; se eu vier, se eu intervier

Simples, não?

Post de 

7 Comentários

  1. blog do bacana-marcelo marques

    20 de novembro de 2007 - 03:25 - 3:25
    Reply

    HIROSHI
    Primeiro, quando lí a nota achei que você tinha errado, então estava eu me solidarizando com você. Até porque eu sou campeão de erros. Então foi isso que quiz dizer com a minha nota, nada mais, eu não sabia que você estava se referindo a um outro erro, de quem quer que seja.
    Só isso.
    Sou seu leitor diário, aprecio seu blog mais ainda agora que, apesar de entender equivocadamente o que escreví, ter sido tão elegante comigo.
    abraços
    marcelo marques

  2. Hiroshi Bogéa

    18 de novembro de 2007 - 16:03 - 16:03
    Reply

    Paulo, não digo que o Marcelo tenha colocado carapuça. Deve ter apenas se precipitado. Ele é um profissional dedicado que, como muitos outros, pode cometer seus erros. Prefiro evitar a polêmica, até porque foi ele quem se considerou alvo da nota, redigida, sinceramente, em alusão a outro espaço da blogosfera regional.
    Tenho maior respeito pelo meu colega de Diário do Pará.

  3. Anonymous

    18 de novembro de 2007 - 15:37 - 15:37
    Reply

    É Hiroshi, o Marcelo Marques botou a carapuça. Também, do jeito que o rapaz vem escrevendo não é nada bacana. Outro dia, no blog da Perereca, ele sapecou essa:”Sou seu leitor no Diário e no Perereca à muito tempo.”
    Acho que quem tem um blog e uma coluna em jornal deve, por obrigação, ter o cuidado com a gramática, para não cometer erros tão graves assim. Se o profissional tem alguma dificuldade com a língua portuguesa, então que contrate um revisor.

    a) Paulo Roberto

  4. Hiroshi Bogéa

    18 de novembro de 2007 - 15:18 - 15:18
    Reply

    Oi, Cris, querida, Rs rs..
    Mas já tive a primeira reprimenda do colega Marcelo, sempre um cara Bacana, equivocadamente puxando para si o alvo da nota. Como a ele disse em resposta acima, o post só teve a intenção de colaborar. Nada mais.
    Beijos ,menina.

  5. Hiroshi Bogéa

    18 de novembro de 2007 - 15:14 - 15:14
    Reply

    Querido Marcelo:
    Primeiro, não me referi a nenhuma publicação sua. Aliás, por absoluta falta de tempo – adoro ler todos os blogues e sites da Região Norte – nao tenho acessado seu endereço nos últimos dias. DEvido a correria, acessei duas vezes apenas, logo que você o lançou;
    Segundo, a frase “policia interviu a tempo de evitar o assalto” foi lida em outro espaço. Caso você tenha postado algo idêntico, sem mudar nenhuma letra, confesso ter sido trágica e lamentável coincidência.
    Terceiro, não sou de criar polêmica por pequenos erros e minha intenção, ao fazer alerta, foi com objetivo único de colocar minha experiencia à disposição dos mais novos – sempre vítimas de ´caídas´ gramaticais.
    Desejo a voce, e todos demais colegas blogueiros, o mesmo sucesso, parceiro.
    Sou do Bem, rapaz.
    Um abraço.

  6. Cris Moreno

    18 de novembro de 2007 - 12:19 - 12:19
    Reply

    Adorei a sua “intervenção” gramatical… rsrs

    🙂

  7. blog do bacana-marcelo marques

    18 de novembro de 2007 - 03:58 - 3:58
    Reply

    Grande, nem sempre é simples, sei que o corre corre para publicar a notícia, as outras mil atividades, a cabeça esgotada, tudo isso faz surgir erros. Eu sou campeão, portanto, não se incomode tanto. Continue mantendo o ótimo blog, entre no meu para ver – http://www.programabacana.com.br – e siga em frente.
    Grande são os que erram, e dizem que erraram.
    sucesso colega de jornal.
    abraços
    marcelo marques

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *