Hiroshi Bogéa On line

Nagilson recebe solidariedade

Posto em liberdade durante essa quarta-feira, 25, por força de um habeus corpus, o médico Nagilson Amoury passou o dia recebendo visita de amigos e familiares em sua residência.

O vice-prefeito de Marabá, segundo amigos que o visitaram, pretende priorizar sua defesa para comprovar não estar envolvido nas denúncias de fraudes na compra de medicamentos pela secretaria municipal de Saúde, da qual ele foi titular até sua exoneração semana passada pelo prefeito Maurino Magalhães.

Numa segunda etapa, Nagilson avalia a possibilidade de se afastar da política ou usar a função de  vice-prefeito para refazer seus contatos com vistas a dar uma virada de mesa no golpe que sofreu sob as acusações da Polícia Federal.

Post de 

25 Comentários

  1. Anonymous

    3 de dezembro de 2009 - 22:06 - 22:06
    Reply

    A Secretaria de Saúde de Marabá continua uma bagunça. Os funcionários contratados na gestão do Nagilson continuam dando ordens até para a atual secretária. O Pedrinho, do Conselho de Saúde, ainda não entendeu que o papel do Conselho é FISCALIZAR. Tá 'se achando'. Passa as manhãs na SMS, desde que o Nagilson foi afastado, como se fosse ele o secretário.
    O Maurino tem que ter pulso firme e fazer entender logo quem é o gestor. Saúde é coisa séria, não dá prá ficar brincando com isso.

  2. Anonymous

    3 de dezembro de 2009 - 21:57 - 21:57
    Reply

    Quero me solidarizar com o João Heleno, citado neste blog como funcionário fantasma.
    Penso que o autor do blog, antes de publicar denúncias (sim, aquilo foi uma denúncia)deveria se inteirar do assunto, buscar a verdade e não permitir que "anônimos" tentem enlamear o nome de pessoas sérias, profissionais competentes. Fique firme Heleno, pois "a caravana passa, enquanto os cachorros ladram". Gente invejosa acaba se envenenando com seu próprio veneno.

  3. Anonymous

    1 de dezembro de 2009 - 21:47 - 21:47
    Reply

    Pois é… acabei de ler que todos os comentários devem ser aprovados pelo autor do blog. Isso é muito comprometedor, pois acusar pessoas, como estão acusando o João Heleno Pinto e sua esposa, só pode partir de alguém que, além de mal informado, morre de inveja deles.
    São dois profissionais da mais alta competência, sérios, austeros e sempre muito dedicados ao trabalho na SMS.
    Prova do que digo é que estavam há 10 anos no cargo de auditor. Mas o Dr. Nagilson chegou e resolveu perseguir o João Heleno.De cara o tirou da Comissão de Auditoria, mas não ó lotou em lugar nenhum. Então ele continuou fazendo o que fazia antes, sem receber por isso. Nunca vi "fantasma" tão presente!
    Trabalha sim, em um laboratório particular, fora de seu horário na SMS. Desde quando é proibido?
    Agora, há menos de 1 mes, foi comunicado que deveria ir para o laboratório do HMM, e, se não foi, provavelmente é porque está de férias.
    Mais uma mentira: ele nunca recebeu nenhuma passagem na gestão do Dr. Nagilson, até porque não foi escolhido para fazer nenhuma capacitação nesse período.
    Quem escreveu tanta mentira deveria era estudar mais, se preparar, para um dia poder ser alguém, e não ficar caluniando pessoas de bem.

  4. Anonymous

    1 de dezembro de 2009 - 14:10 - 14:10
    Reply

    O engraçado paradoxo nesta questão é:
    Q o “DR Nargilson o pref. Maurinho e todos q “acreditam!” na inocência do desse vice-prefeito de marabá, ñ quer a CPI da saúde,,,pq será???

    Eles deveriam ser os primeiros a querer a CPI. E quaro se ñ tivesse nada a temer…mas partece q tem muito a temer e a perder!!!!!!

  5. Anonymous

    30 de novembro de 2009 - 16:34 - 16:34
    Reply

    tô muito decepcionado com tudo que leio por aqui!

  6. Anonymous

    30 de novembro de 2009 - 16:33 - 16:33
    Reply

    Se alguém denunciou é porque deve trabalhar por lá,mas também tá cheio de gente do tempo do Tião em todas as secretarias,inclusive na saúde………….eles devem tá de olho em todos os deslizes do atuais cargos de direção!
    Li os comentários,mas acredito na inocência do nagilson,mas a SMS tá uma bagunçaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Anonymous

    29 de novembro de 2009 - 12:44 - 12:44
    Reply

    CADE A IMPRENSA PARA INVESTIGAR ESSA DENÚNICIA QUE ESCREVERAM EM CIMA????????????????????SEÁ QUE VAI ACABAR EM PIZZA?

  8. Anonymous

    29 de novembro de 2009 - 12:43 - 12:43
    Reply

    Li o comentário de cima sobre o funcionário fantasma,se tudo for provado ele e a mulher devem devolver o que usufruiram da prefeitura .Isso é tão fácil provar,basta solicitar junto ao ministério do trabalho informações sobre o outro trabalho dele durante esses 11 meses ,e logicamente se ele trabalha em uma empresa durante 8 horas não sobra tempo para trabalhar na SMS,que eu saiba a SMS fecha as 14 horas.
    Acho que deviam apurar isso a fundo,se alguém denunciou esse Heleno é porque deve ter muitas provas!!!!!!!!EITA MARABÁ !

  9. Anonymous

    28 de novembro de 2009 - 00:24 - 0:24
    Reply

    DESCULPE O COMENTÁRIO ANTERIOR QUE VC NÃO QUIZ MODERAR TAVA PESADO…MAS FAZER O QUE, MINHA LÍNGUA TÁ COÇANDO. VOU ME CONTER,VOU TENTAR NÃO CITAR NOME E NEM VOU CITAR MAIS BOCAGE. PROMETO ME COMPORTAR…É QUE MEUS OLHOS VÊEM. E A LINGUA COÇA.

  10. Anonymous

    27 de novembro de 2009 - 23:31 - 23:31
    Reply

    Já ia esquecendo Prá vercomo é que é, quando o cara tava láno Crama,não se via um dos puxa-sacos do Nagilson andando por ai, e olha que eu conheço um bocado desses caras que moram perto da munha casa e por ai…
    Todos estavam entocados, seráque estavam "orando",ou com medo de que!(meu teclado não tá digitando o ponto de Interrogação)
    Tô de olho em vcs Baba ovo.Sem coragem. O camarada tá solto e ai vcs mostram a cara. Um dia ele vai saber , os amigos 'mui amigos ' que tem!!

  11. Anonymous

    27 de novembro de 2009 - 23:03 - 23:03
    Reply

    'Ainda há algo de muito podre no reino da Dinamarca no Sudeste do Pará'…

  12. Anonymous

    27 de novembro de 2009 - 20:52 - 20:52
    Reply

    Oi!
    Resolvi escrever como forma de desabafo e porque sei que a imprensa vai investigar,eu sou funcionária pública da SMS e diante de tanta corrupção e problemas venho atraves denunciar algo que pouquissimas pessoas lá dentro sabem,aliás era de conhecimento apenas do Recursos Humanos e da chefia do recursos humanos.Há um ano existe um funcionário chamado JOAO HELENO PINTO BIOMÉDICO que antes era auditor no governo do tião miranda,mas em janeiro DE 2009perdeu o emprego de auditor e como é concursado ficou apenas durante esse 11 meses recebendo seu salário SEM TRABALHAR EM NENHUMA UNIDADE DE SAÚDE
    Atualmente ele trabalha durante 8 horas em um laboratório particular chamado biotest proximo ao SESI de carteira assinada desde janeiro e isso pode ser verificado facilmente,mensalmente ele manda uma folha de ponto assinada para o recursos humanos e seu salário é depositado no banco do brasil,enquanto falta material e medicamentos nos postos de saúde o BIOMÉDICO sem trabalhar recebe integralmente seu salário e o pior sua mulher também trabalha na secretaria é a auditora francis allho que ajudou o marido a conseguir passagens de avião para fazer um curso mensalmente em Belém.O salário dele mensal daria para comprar material odontológico por 90 dias para um centro de saúde como o da liberdade que atende 25 pacientes por dia
    Vim denunciar não como algo pessoal,mas porque apenas a imprensa pode desvendar esse ESQUEMA onde com certeza deve existir mais funcionários fantasmas……enquanto o biomédico trabalha no particular e recebe um salário gosrdo da prefeitura os funcionários que realmente estão nos hospitais ganhando uma merreca e sofrendo não tem aumento,esse é o governo do maurino?o povo governando?
    Espero que vocês não façam vista grossa e vão a fundo e pesquisem,entrevistem e especulem onde o funcionário fantasma tá lotado….ter amigos em cargo de direção na SMS só ajuda pessoas corruptas!!!!!!!!!
    Acredito na imprensa e esse pode ser um grande e importante furo de reportagem pro jornal de vocês!
    Acreditem ,tudo é verdade e eu como funcionária fico sem poder aparecer por medo de perseguição política,mas vejp mensalmente a folha de ponto ser entregue a sra minéa do recursos himanos da sms e ela deve encaixar a frequencia em algum centro de saúde…..
    ASSIM É MARABÁ!!!!!!!!!!!
    AGUARDO ABRIR O JORNAL UM DIA E VER TODO ESSE ESQUEMA DE CORRUPÇÃO ABERTO A POPULAÇÃO!

  13. Anonymous

    27 de novembro de 2009 - 18:28 - 18:28
    Reply

    Dr. Nagilson,
    Todos os marabaenses são sabedores de sua boa índole e serviço sério prestado aos que lhe procuraram nesta região.
    Será que este episódio não foi uma tentativa de reprodução com o que fizeram com o também médico Dr. VELOSO? Aquele grupo político com sêde de poder lançou o que pôde contra Dr. Veloso, deixando assim, indiscritíveis os dias finais daquele bom médico.Lembram da total falta de respeito quando houve seu falecimento? Soltaram até fogos de artificio!Será que esse gupo político não se satisfez com quase duas décadas no poder? "Ei, deixem os homens trabalharem". Já nos diz a Bíblia Sagrada: "quem planta vento, colhe tempestade, quem abre uma cova nela cairá". Cuidado com o que estão plantando! Não esqueçam: A lei da semeadura potencializa a semente!Cuidado com o Tribunal…!

  14. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 20:18 - 20:18
    Reply

    Esse episódio já serviu de alguma coisa,pois o seu Nagilson já se diz arrependido de ter entrado na política, que sem nenhuma dúvida,é a atividade mais(e ponha mais nisso)podre que existe. Bom médico que é,devia ir cuidar da sua profissão. Não teria passado esse vexame.

  15. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 18:36 - 18:36
    Reply

    Se ele não sabia de nada como poderá comprovar sua inocência, sendo que ele terá que apontar os autores do delito? É meio contraditório provar que é inocente quando não se sabe quem fazia as falcatruas. Se ele sabia e não denunciou, no mímimo foi omisso… com o erário público, é claro. Se fosse com o dele com certeza teria dado o "grito". NA VERDADE ELE NÃO VAI PROVAR NADA… VAI CONTAR COM O ESQUECIMENTO DA POPULAÇÃO. Essa de largar a política também é conversa pra boi dormir. Já provou das benesses que o poder oferece. ELE VAI É TENTAR CONTINUAR NESSE AMBIENTE… AGORA MAIS DO QUE NUNCA PRECISA DO PODER PARA ESCAPAR DE FUTURAS "prisões". QUEM VIVER VERÁ QUE ISSO TUDO É BALELA… JÁ VIMOS ISSO ANTE, NÉ?

  16. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 18:13 - 18:13
    Reply

    Sempre acreditei na inocência do dr.Nagylson, uma pessoa de boa ídole, um médico de renome, e acredito que tudo isso não passa apenas de uma armação política.MAs, agora cabe á ele,mostrar á população o que se vem passando na SMS,as licitações que são assinadas por um adversário(pedro-canditado a vice de jõao salame e secretario de saúde do governo de tião miranda)e que devido não tr até hj uma comissão de licitação p/ compras ele foi obrigado a fazer muitas compras diretas sem licitação,e se ele não tivesse feito isso muitas pessoas teriam morrido, devido á falta de medicação e aparelhos..

  17. roberto ruas

    26 de novembro de 2009 - 18:10 - 18:10
    Reply

    A VERDADEIRA GRANDEZA DO SER HUMANO É A SUA DIGNIDADE,SE POR DEVANEIOS, ESCORREGAMOS,TENHAMOS HUMILDADE PARA SABERMOS ENGATAR A MARCHA RÉ,DEIXAR TODA VERDADE FLUIR,E SAIR DE CABEÇA ERGUIDA DOS FATOS QUE HORA TE ACUSAM,NAO TE CONHEÇO PESSOALMENTE,MAS DESEJO BOA SORTE NESTA ETAPA DA VIDA,TUDO PASSA

  18. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 16:22 - 16:22
    Reply

    Com certeza o Doutor receberá as bençãos dos empresários emissores de notas frias, e que os dias de alegrias com certeza virão também, com direito a passeios de barco e hospedagens em ilha particular, e claro que agora sim, sua cabeça será mais erquida ainda. Mas que ele nunca esqueça que está em liberdade somente por força de um Habbeus Corpus, que a qualquer momento pode ser revogado.
    Ah! e o Caixa Dois? como anda?

  19. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 14:06 - 14:06
    Reply

    É SEMPRE ASSIM… SEJA BENVINDO À TURMA DE PAULO MALUF!!!

  20. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 12:23 - 12:23
    Reply

    Não sei que vitória, o processo vai continuar rolando na justiça e somente ao fim deste é que se pode falar em inocência. Contudo, todo cidadão tem direito a ampla defesa.
    O importante é que a polícia investigue todos os fatos sem interferências. Portanto o Nagilson deve mater distância da pasta da saúde. Até a próxima leitor!

  21. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 10:42 - 10:42
    Reply

    PARABENS NAGILSON!!

    SAIA MESMO DESTA SUJEIRA QUE TEM TIAO, JOAO SALAME E MAURINO QUE NUNCA TE OUVIU.

    ACREDITO NA SUA INOCENCIA E NA CONFIANÇA. O PROBLEMA É QUE VC DEU AOS SEUS SUBORDINADOS LADROES QUE ERAM DE SUA CONFIANÇA MUITA LIBERDADE.

    AGORA CONSELHO DE AMIGO: PARE DE PERSEGUIR AQUELES QUE TE AJUDARAM NESTA HORA DIFICIL, POIS NA MANIFESTAÇÃO TODOS FORAM SOLIDARIOS A VOCE, INCLUSIVE OS PERSEGUIDOS NA SECRETARIA DE SAUDE.

  22. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 10:17 - 10:17
    Reply

    Meu caro HB,

    Que pena, o Sr. Nagilson foi preso pela PF, porque estava "resando"….
    Vamos deixar a hipócrisia de lado,e parar de atribuir culpa em outras pessoas, que estão num outro momento……Seguindo suas vidas….
    O que o vice não pode é apagar de seu curriculun vitae essa linda passagem, na penitenciária….é a realidade meu caro….
    Siga sua vida c bons atos, deixe de perseguir as pessoas….seja sincero…mostre sua verdadeira cara….ninguém é perfeito….
    Agora para de colocar a culpa nos outros…e observe mais ao seu redor….Vc já parou pra pensar q o seu chefe do executivo, pode ser o mentor de td isso…..c aquela pose de bonzinho….Fala sério….

  23. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 02:57 - 2:57
    Reply

    Seja Feliz Dr Nagilson Deus tem grandes bençãos pra vc…

  24. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 02:56 - 2:56
    Reply

    Dias de alegrias virão pra vc Dr Nagilson e para sua família continue firme e conte com a solidariedade de seus amigos…

  25. Anonymous

    26 de novembro de 2009 - 02:51 - 2:51
    Reply

    Já tinha a certeza da sua VITÓRIA Dr Nagilson,acredito em vc…. Força Dr Nagilson saia de cabeça erguida….

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *